Reality shows

"The Voice Brasil" terá fase Remix e Poder Supremo

Felipe Panfili e Felipe Assumpção/AgNews
Claudia Leitte e Tiago Leifert imagem: Felipe Panfili e Felipe Assumpção/AgNews
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

A quinta temporada do “The Voice Brasil” entra na reta final, com mais uma novidade: a fase “Remix”, também ao vivo, que servirá para balancear os times após a “Batalha dos Técnicos”.

Assim, a partir da outra quinta-feira, dia 15, o botão vermelho terá novamente um papel de destaque, pois caberá aos técnicos escolherem quem continuará no programa.

Vai funcionar assim: após assistirem à apresentação de cada participante, Cláudia Leitte, Lulu Santos, Michel Teló e Carlinhos Brown terão a chance de escolher aquele que vai seguir na competição.

Se mais de um técnico acionar o botão, caberá ao participante escolher com quem quer seguir. Além disso, os técnicos passarão a contar com uma carta curinga, que dará o “Poder Supremo” na hora da escolha. Se mais de um apresentar a carta, a prioridade será sempre do técnico original do time.

Ao final da etapa Remix, cada um terá apenas três candidatos para a semifinal do reality, marcada para o  dia 22 de dezembro.

É isso.

*Colaborou José Carlos Nery

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Topo