Topo

A Fazenda 9

Diva Depressão

Histeria is the new "vou falar a verdade até o final"

Diva Depressão

Diva Depressão

Os youtubers Edu e Filipe formam a dupla Diva Depressão, presente hoje em blog, Facebook e canal no YouTube. Utilizam do humor ácido pra comentar tudo sobre a vida dos famosos e dos quase famosos também, sempre com muito deboche e tiradas irônicas.

Especial para o UOL

28/11/2017 09h54

Começo o texto com uma reflexão: se falar a verdade for o mesmo que sair gritando ofensas para os coleguinhas, então estamos definitivamente do outro lado do espelho.

Reprodução/R7
Imagem: Reprodução/R7

Com a Fazenda chegando ao final, aquele pessoal que mal se aguenta continua mal se aguentando. Tem meses que a Rita não aguenta o Matheus, nada mudou. Tem meses que o Não-Medicado-Marcos não suporta a Flávia, continua não suportando. Tem meses que a gente não tem um favorito pra chamar de nosso, continuamos não tendo. Mas acho que ainda podemos pegar alguém para torcer só pra não ganhar quem a gente não gosta. Ultimamente tem sido assim até em intenções de votos para presidenciáveis. Lei do menos pior.

Comentário aleatório do dia: daqui a pouco a camiseta #gratidão do Matheus vai sair andando. Ele só usa aquilo. Para, né? Em vez de #gratidão eu usaria uma camiseta mais profunda, sincera e honesta #Pãodequeijo.

Reprodução/R7
Imagem: Reprodução/R7

Não consigo olhar aquele povo cozinhando de cabelo solto, mas enquanto eu tentava assistir, aproveitei pra ver a treta da Flávia e o mau humor de Rita, porque a comida estava demorando. Bom, gente, nesse assunto eu tenho propriedade. Esperar a comida ficar pronta é ter que domar uma fera interior que nem sempre se comporta, portanto dou fé e me solidarizo.

Enquanto o povo questiona se Yuri e Monick vão continuar o romance aqui fora, eu questiono se eles vão sequer lembrar o nome um do outro. Não vamos exigir demais.

Marcos disse ao vivo que parece que ele tá sempre atacando alguém. Não parece não, amigo. Você está sempre atacando, reconhecer é o primeiro passo. Peloamor, o cara sai gritando que nem égua no cio, para, gentchy!

Reprodução/R7
Imagem: Reprodução/R7

Tivemos joguinho da discórdia sendo iniciado pelo Marcos. O jogo leva para isso porque sabe que abala a casa e tudo, não tem nada de novo. Começa “tudo bem”, mas daí vem a gritaria, é tipo jogo do Corinthians. Do nada começa uma gritaria na rua que você não sabe de onde vem e daí lembra que tá tendo jogo.

A gritaria continuou entre Yuri e quem? Ah! Claro. O Marcos, que disse que vai falar o que pensa até o final. Pode até falar, mas recomendo que fale a um terapeuta, é mais produtivo.

Reprodução/R7
Imagem: Reprodução/R7

Gosto do fato da Rita não ser “isentona”, ela de fato fala o que pensa, fala suas visões de jogo mas diferente de um coleguinha aí, ela não desce do salto. No joguinho da discórdia, deixou isso claro mais uma vez.

Engraçado é o Marcos acusar a Flávia de fazer o que ele faz, falar com as câmeras e fazer VT. Que preguiça... Prefiro assistir aos porquinhos de coçando na cerca.
Monick tentou fazer um pudim, mas deu vida a um elemento não reconhecido na zona terrestre. O importante é que dava pra comer.

Por falar nela, Monick ganhou a prova das chaves, o envelope vermelho foi para Rita e o prata para o Yuri. Rita iniciou os trabalho e abriu seu envelope, ela ganhou imunidade ao voto do fazendeiro. Mais inútil esse envelope do que cardigã em dia frio.

Marcos disse que se pudesse falaria uma hora para justificar a sua indicação, ele não ganhou uma hora mas o pouco que falou deu pra gente tempo pra ir no banheiro e fazer algo mais útil pela humanidade.

Depois daquele ataque protocolar à Flávia, Marcos disse que não iria votar nela para provar que não a persegue. Depois do Justus mandando ele calar a boca e andar logo com essa merd@ (não com essas palavras, mas fica a sugestão), ele mandou Yuri pra roça.

Jogo rápido: Yuri foi bem sereno, Marcos o atropelou, Yuri continuou sereno, Marcos riu de deboche. Flávia foi votar, Marcos também a atropelou, e depois os outros que estão perseguindo a madame.

Reprodução/R7
Imagem: Reprodução/R7

Monick abriu seu envelope dourado e nele dizia para ela escolher entre manter o seu voto ou anular o seu voto em troca de dez mil reais. Ela escolheu o dinheiro, depois é claro, de ter sofrido um ataque de quem? Adivinha, você é capaz! Sim, ele mesmo, o Marcos. A pior parte disso foi o ser ter voltado a ter direito de falar, pois ele teve direito de escolher entre os empatados, Matheus e Rita. Matheus (quase) se safou de mais uma, Rita que era a única que aguentava ouvir meia dúzia de palavras do ser-não-medicado, fez uma brincadeira, mas foi o suficiente para Marcos escolher ela em vez de Matheus. Ufa! Que reviravolta. Se eu fosse a Monick também iria escolher o 10 mil dinheiros, porque não tá fácil pra ninguém.

O melhor é que o programa foi para o intervalo e quando voltou, adivinha o que que tava acontecendo? Sim, ele, o ser-em-abstinência-de-tarja-preta tava gritando lá. Ai gente, me dá até pânico ver esse cara na TV.

Yuri abriu seu envelope prateado que dizia que ele era o terceiro roceiro, mas como ele já estava na roça, teve que indicar outro peão da sede e escolheu o Matheus.

Agora o que temos: expectativa pra quem voltar fazendeiro? Expectativa pra quem sair? Minha expectativa ultimamente se limita a ver as roupas secarem no varal, mas quero saber vocês, façam suas apostas.

XoXos

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!