A Fazenda 9

Mauricio Stycer

"Daqui a pouquinho" é o mantra de Justus para inventar suspense na Fazenda

Reprodução/R7
Roberto Justus fala com os peões antes da sétima roça Imagem: Reprodução/R7
Mauricio StycerMaurício Stycer

Mauricio Stycer

É jornalista desde 1986. Repórter e crítico do UOL, autor de um blog que trata da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Colunista do UOL

31/10/2017 05h01

O episódio de segunda-feira da “Fazenda” oferece o grande atrativo de exibir, ao vivo, a formação semanal da roça. É sempre a oportunidade de presenciar princípios de briga, uma ou outra confusão e até alguma surpresa – elementos que, infelizmente, andam escassos nos demais dias do programa.

Só há um problema: a formação da roça preenche apenas o terço final de um programa que ocupa 105 minutos da grade da Record – e não há neste mundo editor capaz de divertir o espectador durante tanto tempo.

A edição neste dia privilegia, em infinitos VTs, as conversas e articulações referentes justamente ao que vai ocorrer no final. Costuma ser muito chato.

Para tentar manter o espectador aceso, a Record recorre ao suspense. Cabe ao apresentador Roberto Justus a função de nos convencer a permanecer com a TV ligada. “Daqui a pouquinho” é o mantra dele.

“Essa formação da roça promete”, diz Justus. “Daqui a pouquinho”, acrescenta. “Eu não perderia por nada”, anuncia. “Daqui a pouquinho”, adiciona. “Esta formação de roça promete ser tensa do início ao fim”, garante. “Daqui a pouquinho”.

Nesta segunda-feira (30), contei oito “daqui a pouquinho”, além de um “só mais um pouquinho”, dois “já já”, um “rapidinho” e um “não sai daí”.

É verdade que este bordão de Justus não chega a ser original. É uma variação do “daqui a pouco” que Britto Jr. usava e abusava nos tempos em que apresentava este mesmo programa.

O mais curioso é que Justus, em entrevista recente, garantiu que improvisa muito durante “A Fazenda”. "As pessoas falam que ‘A Fazenda’ tem muito texto. Eu não concordo com isso. Se vocês olhassem o texto... Eu fico botando meus cacos o tempo inteiro”, garantiu.

Daqui a pouquinho eu acredito.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Topo