"Galera que fica famosa muito rápido fica retardada", diz Geisy

Divulgação/RecordTV
Geisy Arruda no "Programa do Porchat" Imagem: Divulgação/RecordTV

Colaboração para o UOL

14/09/2017 07h51

Geisy Arruda revisitou no "Programa do Porchat" de quarta-feira (13) o momento que a tornou famosa: o bullying que sofreu na faculdade por conta do vestido rosa que usava, em 2009.

"Foi o pior dia da minha vida, jamais vou esquecer. No começo era um pequeno grupo, no horário do intervalo foi a faculdade inteira. Acho que não estavam a fim de estudar e me pegaram para Cristo. Achei que ia ser linchada", confessa.

E como seria sua vida se não tivesse acontecido esse episódio? "Eu ganhava um salário mínimo e cortava frios num mercadinho. Talvez eu estivesse trabalhando na área do turismo ou ainda no mercadinho. Acho que estaria casada e com muitos filhos também", imagina. "Mas comecei a usar minha imagem para ganhar dinheiro. As pessoas me queriam em seus eventos".

Daí vieram também os ensaios nus, dos quais não se arrepende. "Posei antes e depois da cirurgia íntima, dá para comparar. Com o dinheiro da revista comprei uma casa pros meus pais". A fama nunca lhe subiu à cabeça, garante. "A galera que fica famosa muito rápido, fica retardada. Mas comigo não aconteceu".

"A Fazenda"

Segunda eliminada da terceira edição, Geisy diz que voltaria para o reality, que reúne atualmente ex-participantes.  "Eu faria 'A Fazenda' de novo. Eu era muito imatura, muito insegura", analisa.

Ela afirma que também foi hostilizada no confinamento. "Sofri muito preconceito dentro de 'A Fazenda'. As pessoas lá me olhavam feio. não me aceitavam de jeito nenhum. Eu era uma moça da periferia de Diadema (SP) que ficou popular por um bullying coletivo e foi parar em um reality nacional. Achavam que eu estaria pegando a vaga de um ator, um cantor".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Redação
Redação
Redação
Ricardo Feltrin
Redação
Maurício Stycer
Diva Depressão
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo