Topo

Mara diz que quase voltou para "A Fazenda": "SBT não deixou"

Reprodução/SBT.com.br
Mara Maravilha diz que foi convidada para participar de "A Fazenda - Nova Chance" Imagem: Reprodução/SBT.com.br

Colaboração para o UOL

28/09/2017 10h06

Mara Maravilha falou de suas polêmicas ao participar ao vivo do "Superpop" de quarta-feira (27). A protagonista de "A Fazenda 8" afirma ter sido convidada a estar em "A Fazenda: Nova Chance", mas não pôde aceitar o convite para o reality da Record.

"Eles me chamaram. Até fiquei agradecida, mas a direção do SBT não deixou. Hoje vejo que foi melhor para mim, não tenho mais estrutura. Agora por mim vou morrer no SBT.", garante. "'A Fazenda' me ensinou muito. Muito da minha origem de baiana estava meio adormecida, e na 'Fazenda' veio",analisa.

A cantora reflete sobre seu comportamento no reality. "Lá eu reagi, assim que eu sobrevivi lá. Só esqueci que tinha câmeras na hora do tapa (em Douglas Sampaio). Posso explodir, mas não guardo mágoas. Eu super me arrependi, pedi perdão e não faria de novo", garante.

Quem não gostou do que viu foram os evangélicos. "Recebi muita critica do pessoal da igreja, até entendo. Eu não matei, não me prostituí, não roubei, estava trabalhando. Eu errei, atire a primeira pedra se a pessoa que está me vendo tem o Espírito Santo, tem o espírito de Deus. Não fui eu que morri na cruz, foi Jesus. Quem acha que eu fui errada, ore por mim".

Mara falou ainda sobre os gays, polêmica que esclarece desde 2013. "Eu amo os gays. Eu não me incomodo, de verdade.Tem gente que levanta a bandeira pra ganhar público e dinheiro, eu não, eu amo. Pessoalmente nenhum gay disse que não gostava de mim, fui muito bem tratada. Não sou homofóbica, sou mara".