Topo

Após briga com Monick, Yuri chora e garante não ser machista

Reprodução/R7
Yuri chora após briga com Monick Imagem: Reprodução/R7

Do UOL, em São Paulo

11/11/2017 08h32

Yuri não soube lidar quando Monick Camargo chamou atenção para sua atitude machista durante a festa desta sexta (10) no reality. O peão ficou bravo ao ver a namorada dançar e disse que Monick "só sabe rebolar em cima de geral", e a loira não deixou Yuri sair da situação sem entender a gravidade da frase. Yuri não entendeu a explicação de Monick, e começou a chorar em desabafo com Rita Cadillac.

"Eu não sou machista. Nunca tratei uma mina minha mal, sempre tratei como uma verdadeira princesa, muito bem", lamentou Yuri, que parecia preocupado com a opinião do público em relação a sua atitude. "Olha eu aqui chorando, amanhã isso aqui vai passar no Brasil inteiro, cara". Rita Cadillac tentou acalmar o peão, dizendo que Yuri sempre foi um "homem íntegro e honesto" dentro do confinamento. 

Em 2014, Yuri Fernandes foi preso em flagrante por suspeita de agressão à namorada, a bailarina Ângela Souza. Além do lutador, Marcos Harter também tem um histórico de acusações recente, tendo sido expulso do "BBB17" por suspeita de agressão em relação a então namorada, a confinada Emilly Araújo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!