Topo

Ana Paula ficou maior que o "BBB16"

Chico Barney

Especial para o UOL

06/04/2016 18h54

Finalmente chegou ao fim. Foi uma das edições mais divertidas durante a maior parte do tempo, mas ninguém aguentava mais.

No apagar das luzes do "BBB16", veja a cotação de todos os participantes - por ordem de valor de mercado.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

O "BBB16" ficou pequeno pra Ana Paula. Transformou-se no maior ícone popular do Brasil desde a ascensão de Wesley Safadão. Saiu sem o prêmio? Tudo bem, ela já era rica mesmo - e as possibilidades comerciais criadas depois de sua participação histórica no programa certamente multiplicarão tais reservas.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

O prêmio está em boas mãos. Munik celebrou como se fosse uma jovem de 19 anos em algum tipo de excursão longe dos pais. Nunca abaixou a cabeça pra ninguém e foi bem fiel ao que acreditava, do começo ao fim. Que faça bom proveito.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

A vice-campeã moral do "BBB16". Cresceu muito durante o jogo, com suas observações cáusticas e um joie de vivre inspirador. Fascinou o Brasil com seu jeitinho meigo de bruxa de livro infantil.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

Apático e pouco carismático, Ronan conseguiu construir uma história de sucesso dentro do programa. Rendeu alguns bons momentos, principalmente bêbado, quando se via mais fragilizado e com ciúmes de Cacau e depois, Munik.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

Apesar de ter sido o participante "do outro lado" mais avacalhado pela Ana Paula e ter negado fogo para Juliana e Munik, até que Renan conseguiu fazer um bom papel na casa. Tinha a boa intenção de ir para o confronto direto contra os adversários, mas o raciocínio não acompanhava o ímpeto.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

Um dos seres humanos mais pitorescos que já passaram pela nossa televisão. A constante desconexão com os fatos ou mesmo com o senso de realidade acabou dando pano pra manga de muita intriga. Ou seja - não seria nem saudável ficar mais tempo no "BBB", mas foi muito divertido enquanto durou.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

Uma personalidade um tanto quanto excêntrica. Mais uma personagem que prometia muito mais do que chegou a entregar. Quem dera tivesse realmente cometido todos os absurdos que deseja ter feito em suas confissões nos quartos da casa.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

O filósofo não era exatamente um personagem muito interessante dentro da casa. Mas sua ausência foi ponto central da narrativa desse "BBB". A saída foi fundamental para o paredão falso que arruinou de vez a vida de Juliana e demonstrou para a casa todo o prestígio que Ana Paula tinha entre os telespectadores.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

Saiu com fama de "planta", mas até que criou alguns bons momentos de entretenimento na casa. A "jogada de mestre" que ele passou dias armando e culminou na própria eliminação é uma das passagens mais tragicômicas dessa edição. Merece o cinquentinha com louvor.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

Era uma das promessas da edição, mas acabou saindo cedo demais. Uma pena. Pelo pouco que vimos, poderia ter se metido em grandes enrascadas com Ana Paula e outros.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

Entrou para pagar de gatinho e bom moço. Ficou levantando a bandeira da boa aventurança, que foi devidamente desconstruída pelo público, por Ana Paula e até pelo Pedro Bial. Dá pra dizer que esse foi mais um cidadão de bem subjugado pela República da Cobra.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

Vou confessar pra vocês - ela tinha tudo pra ganhar esse "BBB". Mulher de personalidade forte e boa desenvoltura nas câmeras, acabou acovardando-se diante da figura de Ana Paula. Não conseguiu vencer uma única discussão - e ainda deu azar de ser líder bem na rodada do paredão falso.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

Um dos piores participantes de todos os tempos. Todas as suas jogadas eram visando anular a própria existência e ainda assim permanecer na casa. Além de ser um péssimo companheiro para Cacau durante todo o programa, ainda deu um jeitinho de se indispor com a "vovó" Geraldinha Chaminé no final.

Divulgação/TV Globo e Arte/UOL
Imagem: Divulgação/TV Globo e Arte/UOL

Certamente a mais desagradável estrela dessa edição. Sempre com aquele sorrisinho de criança que quer cantar na festa dos adultos pra chamar atenção. Teve a manha de ficar alheia às grandes discussões da casa e com isso chegou até a final - mas a um custo muito alto para o pobre telespectador.

E a rigor seria isso.

Agradeço ao nobre leitor e aos sempre elegantes parceiros do UOL por mais uma temporada de muita alegria cobrindo esse colosso do entretenimento nacional. As inscrições para o "BBB17" serão abertas em breve, então nos encontraremos novamente no decorrer do período.

Final do "BBB16" consagrou Ana Paula como protagonista

UOL Entretenimento

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!