Topo

Apesar de erro na conta do paredão, fãs de Ana Paula têm vitória clara

Reprodução/TV Globo
No Nordeste e no Sudeste a soma dos percentuais de votos chega a 101, um erro Imagem: Reprodução/TV Globo

Mauricio Stycer

Colunista do UOL

02/03/2016 00h55

O sistema de apuração dos votos em duas regiões do país mostrou que o “BBB” ainda não está plenamente adaptado ao novo sistema de votação. No paredão desta terça-feira (1º), o total de votos apresentado no Nordeste e no Sudeste, em termos percentuais, foi de 101% - algo impossível de ocorrer. Foi apenas a segunda vez que este sistema é utilizado (a estreia ocorreu na semana passada, durante a eliminação de Juliana).

Possivelmente, houve um erro no arredondamento das parciais (35 + 6 + 60 no Nordeste e 37 + 6 + 58 no Sudeste). Curiosamente, em uma das piadas da edição desta terça, Tamiel foi ironizado por ser ruim de matemática.
 
Mas os números parecem claros, apesar destes dois erros. O fã-clube de Ana Paula é o mais forte em atividade no “BBB16”.
 
Contrariando enquetes que mostram rejeição ao seu estilo peculiar, a “vilã carismática” já superou quatro paredões e parece hoje favorita a estar na final do programa. 
 
Como costuma ocorrer em paredões triplos, a disputa se resumiu a dois candidatos. Munik ficou de lado enquanto o público batalhou para tirar Tamiel ou Ana Paula. Desconfio que os votos pela eliminação da jornalista mineira foram muito mais de espectadores que antipatizam com o estilo da “Narcisa loira” do que de fãs do ambientalista.
 
O resultado final, 6 a 0, com vitórias em todas as regiões e nos votos por SMS e telefone, é incontestável. A disputa mais dura ocorreu no Sul, onde Tamiel teve 51% dos votos e Ana Paula, 43%. Faltando pouco mais de 30 dias para o final, o caminho deste "BBB" parece já traçado. 

Duas em uma? Ana Paula é ao mesmo tempo "gêmea boa" e "gêmea má" no "BBB16"

UOL Entretenimento

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!