Topo

Reality shows

Brothers especulam sobre possíveis surpresas da próxima liderança

Do UOL, em São Paulo

27/01/2016 20h17

Depois de conversarem sobre a pressão de se manter dentro da casa do Big Brother Brasil, na tarde desta quarta-feira (27), os brothers Ana Paula, Geralda, Tamiel e Munik falaram sobre a próxima prova do líder. O professor de ecologia diz que há muitos pontos positivos em ganhar a liderança, mas o que lhe incomoda são os pontos negativos. "Esse negócio de ter que escolher alguém e falar, eu não curto". 

Ana Paula logo interrompeu o colega de confinamento argumentando que isso é inevitável. Mesmo assim, contradizendo o comentário da jornalista, Tamiel disse que no confessionário isso é feito de forma individual e não vê nenhum problema, o que lhe deixa desconfortável é ter que propagar seu voto. "Eu não gosto disso. Como diz nossa advogada (Adélia), vira conluio e conluio é feio. Tenho certeza que isso vai rolar, mas é duro", concluiu o professor. 

Durante o bate-papo, os confinados ainda especularam se a liderança seria novamente dividida ou se nessa segunda semana o líder reinaria absoluto. Geralda disse acreditar que não haverá mais compartilhamento, mas que o "BBB" provavelmente trará surpresas nos próximos dias. "Mais de um líder eu acho que não vai ter, mas mais de uma eliminação acho que vai." 

PRIMEIRA LIDERANÇA

A primeira prova da nova edição do reality show foi de resistência física e exigiu dos brothers uma maratona de dança. Divididos em três grupos de quatro pessoas, os participantes não puderam parar de dançar e nem ir ao banheiro. Caso um participante desistisse, eliminaria o grupo inteiro.

Após uma disputa de quase 13 horas, o grupo formado por Alan, Daniel, Ronan e Tamiel venceu a primeira prova do líder do "BBB 16". Os primeiros líderes tiveram que optar entre a imunidade e um prêmio de R$ 10 mil. Ronan e Tamiel ficaram com a imunidade e Alan e Daniel escolheram o dinheiro.

a primeira semana em 1 minuto

  •  

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!