Topo

Juliana vence prova e garante terceira liderança do "BBB16"

do UOL, em São Paulo

04/02/2016 23h22

A dançarina Juliana conquistou a terceira liderança da semana no "BBB16", em uma prova realizada na noite desta quinta-feira (4). A morena ocupa o posto pela primeira vez.

Desde a última edição do programa, o líder da semana não tem imunidade garantida, mas é premiado com R$ 10 mil a cada liderança. A prova desta noite foi disputada por Daniel, Adélia, Cacau, Matheus, Tamiel, Alan, Juliana e Renan. Por deter o "Poder do Não", Daniel teve vetar a participação de quatro brothers. Por isso, Ronan, Ana Paula, Geralda e Munik não puderam competir pela liderança.
 
A justificativa de Daniel para vetar Ronan, Ana Paula e dona Geralda foi a má convivência. O brother não escondeu que não se dá bem com o trio. Ao excluir Munik da competição, o empresário alegou que o único motivo para a escolha era a goiana já ter participado da última disputa.
 
A prova

Fantasiados de bonecos de neve, os competidores tinham de pegar bolinhas de isopor que flutuavam dentro de um iglu, montado na área externa da casa. O objetivo era juntar as bolinhas certas para formar a palavra "abominável" em um suporte. Cada uma das peças tinha uma letra. Não era permitido pegar as bolas que estivessem no chão ou na rampa, e nem colocá-las dentro das roupas durante o transporte até o suporte usado para completar a palavra.

Saia justa

No início da prova, a youtuber Maria Claudia levou um puxão de orelha ao vivo de Pedro Bial e quase foi desqualificada por não obedecer a uma das regras. De acordo com as instruções do apresentador, todos os participantes deveriam começar a disputa com as mãos apoiadas na grade do iglu.

Em poucos segundos de prova, o apresentador Pedro Bial a interrompeu, mas não avisou o que havia ocorrido - o que gerou um clima de tensão entre os participantes. Após alguns minutos em silêncio, Bial avisou que a produção do programa estava avaliando se retiraria ou não Maria Claudia da prova.

Indignada, a sister reclamou e tentou se justificar: "Mas eu estava com a mão na grade". Demonstrando irritação e muita impaciência, Bial respondeu, rispidamente: "Meu amor, tem gente fiscalizando a prova. Se me pedem para parar a prova, é porque você não estava com as duas mãos na grade".

Após a saia justa, Cacau foi informada que não seria desqualificada e a prova começou novamente. "Vou te dar mais uma chance, meu amor", disse o apresentador, em um tom um pouco mais ameno. Foi, então, a vez da advogada Adélia ser eliminada da disputa, após pegar uma bolinha do chão. A sister, porém, não soube de sua desclassificação até o final da prova, por um problema de áudio na comunicação entre Bial e os brothers.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!