TV e Famosos

Irmã de Adélia diz estar confiante com paredão acirrado: "Ela vai ficar"

Reprodução/TV Globo
Para irmã, Adélia começou a encarar "BBB" como jogo há poucas semanas Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

08/03/2016 17h14

Adélia enfrenta nesta terça-feira (8) seu primeiro paredão. E a família da advogada está confiante em sua permanência, na disputa acirrada contra Ronan e Munik. “Desde o início nós já estávamos esperando, porque é um jogo, mas hoje ela vai ficar, ela continua”, afirmou ao UOL a irmã de Adélia, Andréia Camillo.

Segundo Andréia, o retorno do público e de conhecidos tem sido positivo. “Estamos recebendo muita mensagem de carinho, muita mensagem de apoio, muitas pessoas dizendo que vão votar pra ela ficar”, afirmou ela, que ainda contou que a família aposta na grande vitória da paulista de Suzano: “A gente está muito confiante que ela ganhe. Mas é uma coisa muito incerta, depende de vários fatores. Onde ela chegou já está ótimo”.

Para a irmã, Adélia começou a encarar o BBB como um jogo há pouco tempo. “Ela não estava levando como um jogo, não estava vendo com a maldade do jogo. Agora que ela começou a olhar com os olhos de um jogador e foi realmente pra ganhar R$ 1,5 milhão”.

A tristeza causada por vários motivos deixou a advogada “sumida” em parte do programa, acredita Andréia. “Nas primeiras semanas, ela estava muito bem, mas aí ela deu uma recuada, ficou meio triste. Não sei se pelo fato de ela estar sem a unha que ela gosta de usar, estar sem os cílios, estar com o cabelo meio feio. Acho que isso dá uma abaixada na autoestima da mulher. Fora isso, ela não conseguiu ganhar a prova do anjo, e ela queria muito ver um vídeo do filho dela, da família. E outro ponto é que ela estava no Tá com Nada e não estava aguentando só comer arroz, feijão e goiabada”.

Polêmica

Sem papas na língua, Adélia falou causou grande repercussão fora da casa ao defender Elize Matsunaga, acusada de homicídio triplamente qualificado por matar seu marido, em 2012. Mas Andréia acreditar que isso não tenha prejudicado a irmã aos olhos do público. “Eu acho que pras pessoas moralistas, sim, porque é um crime. É um crime o que a Elize cometeu. Mas as mulheres ciumentas entendem, e ela é muito assim com traição. Ela tem esse lado de querer ter um conto de fadas, de querer ter alguém, então ela defende muito esse lado que [trair] não deve ser feito”.

Uma das responsáveis por administrar as redes sociais da advogada, Andréia ainda contou que a família combinou de não responder comentários maldosos feitos por internautas. “A gente tem que mostrar o que conhece dela, não rebater essas pessoas, porque são pessoas que não a conhecem, são pessoa que nunca tiveram contato com ela, estão vendo apenas algumas coisas que a Globo passa”, afirmou a irmã. Questionada se acreditava que edição do “BBB” estava sendo injusta com sua irmã, ela negou: “Eu acho que em nenhum momento ela foi prejudicada”.

Expulsão de Ana Paula marca 7ª semana do "BBB16"

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos

Topo