Especial BBB17

Ana Paula Renault

Sexo no "BBB17": julgue quem puder, o problema é não assumir

Reprodução/TV Globo
Marcos e Emilly no edredom Imagem: Reprodução/TV Globo
Ana Paula Renault

Ana Paula Renault

Mineira, nascida e criada em Belo Horizonte desde 1981. Filha de Deus e do meu pai, jornalista e ex-BBB formada. Pós-graduada duas vezes pela Fundação Dom Cabral e também pela vida. Participações em programas de televisão e até ponta em novela, figura constante em sites de fofocas e na boca do povo. Bon vivant, agora colunista do UOL e recebendo por isso.

Especial para o UOL

24/02/2017 20h08

É Carnaval, meu povo!!! Folia, diversão, máscaras, azaração, fantasia, sexo com camisinha!

Fazer sexo é inerente ao ser humano, tem gente que faz, que não faz, que espera o casamento. Tem gente que gosta e até aqueles que não gostam. Tem gente que faz sexo para procriação, que pratica recreativamente, mas onde e quando fazer? Você escolhe, meu caro. Entretanto, como essa coluna é minha, darei a minha opinião, sim!

Eu, Ana Paula Machado Renault, não faria sexo em um programa em rede nacional. Tenho a minha moral, as minhas preocupações e prioridades. Eu, Ana Paula Machado Renault, fui expulsa de um programa por quebrar uma regra. Estamos sujeitos a julgamentos e opiniões a partir do momento que vivemos em sociedade.

Não é a primeira vez que o sexo é praticado dentro do “Big Brother”, mas é a primeira vez que é feito, narrado e mostrado, de maneira extenuante, em rede nacional (PPV) e redes sociais. Assistiu quem quis, julgue quem puder, o problema é não assumir.

Você se diverte como melhor lhe convier aqui fora e os moradores da "nave louca" se esbaldam da maneira deles, certo?

Como definirmos o que é certo e errado? Simples, vai de cada um, da sua índole, criação, caráter, valores. Agora o que é errado, temos que entrar em um consenso, cadeia nele! Descumpriu a lei, está errado. Essa é a ética que nos cerca.

Ética, outra questão muito complicada de abordar... Já dizia o dicionário que ética é a ciência do comportamento moral dos homens em sociedade. “O objeto da Ética é a moral. A moral é um dos aspectos do comportamento humano. A expressão deriva da palavra romana mores, com o sentido de costumes, conjunto de normas adquiridas pelo hábito reiterado de sua prática.” Entenderam?

Oscar Wilde resumiu aqui: “Chamamos de ética o conjunto de coisas que as pessoas fazem quando todos estão olhando. O conjunto de coisas que as pessoas fazem quando ninguém está olhando, chamamos de caráter.” O problema do sexo no “BBB” é que mesmo debaixo do edredom, todos estão olhando -- e escutando.

E agora?! Voltamos ao certo e errado ao tocarmos novamente em caráter: Caráter é a soma de nossos hábitos, virtudes e vícios. Em sua definição mais simples, resume-se em índole ou firmeza de vontade. Personalidade.

Quer fazer, faz, mas coloca a cara no sol e aguente as consequências. O maior erro disso tudo aí foi: USE CAMISINHA e vai ser feliz! E cuidado!!! Pular demais no Carnaval pode fazer a máscara cair.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ana Paula
Ana Paula

Ana Paula

Parece que o jogo virou, não é meixmo? Jogo da discórdia x Mr. Edição

Tiago Leifert já nos havia prometido um grande twist para essa 17ª edição do "BBB", mas a promessa, além de não cumprida, foi decepcionante. O falso paredão de Emilly foi uma verdadeira trapalhada. Em contrapartida, o jogo da discórdia desta segunda-feira (3), cumpriu a esperada movimentação do programa.   Vamos aos fatos. Foi anunciado que ex participantes fariam parte do episódio fazendo perguntas aos brothers. No início, achei que o joquinho não fosse engrenar. O primeiro a perguntar foi Daniel, tentando abrir os olhos do Marcos sobre o porquê de Emília não o ter protegido quando podia. Seria o início da ruína do romance mais fofinho do Brasil? Não. Marcos não captou a maldade e sua resposta foi sonolenta. Quédi fogo no parquinho?    $escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2017/meme-emilly-1491341528127.vm')As coisas só começaram a esquentar lá pela terceira pergunta, de Pedro para Ilmar; sobre quem? Emília, é claro. Foi quando Leifert sentiu a perda do controle da situação: Ilmar sendo interrompido pelo casal, direito de réplica e tréplica, conversas paralelas e por aí vai. O incêndio teve o seu ápice quando Marcos, novamente, falou que a polícia esteve no "BBB" à caça de Ilmar, pelo não pagamento de pensão alimentícia. O circo, que já estava armado, se transformou no ‘Casos de Família’ do SBT, onde estaria melhor conduzido nas mãos de Christina Rocha, já escolada nesses tipos de discussões e professora na arte de conter barracos – ou transformá-los na Rocinha inteira.    Meu espanto se deu ao churrasco que fizeram do casalzinho durante o programa. Nesses mais de 2 meses, a edição protegeu Falsemilly e Machista Harter de suas próprias personalidades e atuações, agora, faltando apenas 10 dias para o "BBB17" acabar, resolveu também acabar com o favoritismo dos dois? Mr. Edição, o público do sofá deve ter ficado bastante confuso... Como duas pessoas podem ter mudado tanto assim? Só sei que alguns participantes puderam ir à forra com essa lavação de roupa suja, só não sei se os telespectadores conseguiram entender o que realmente se passa nessa mansão não tão divertida.   $escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2017/meme-marcos-1491341553671.vm')A jogada da produção, nessa reta final, de expor o casal e as verdadeiras faces dos jogadores, com certeza chamou a atenção e levou ar ao já desfalecido "BBB". O problema se dá como todo o programa veio se desenvolvendo e a ruptura inesperada com a edição, com a seleção do conteúdo que nos foi transmitida nesses 71 dias.   Eu entendo a mecânica dos programas de entretenimento, entendo também a mecânica de um reality show – fui peça de um –, só quero entender como será a resposta do público frente à surpresa que foi esse dia 3 de abril, dia também da estreia de "Dancing Brasil", já que segunda, tem Xuxa na Record. 

Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Topo