Especial BBB17

Ana Paula Renault

Fogo no parquinho! "BBB" consegue ressurgir das cinzas após esta madrugada?

Reprodução/TVGlobo
Emilly e Ieda: parceria pode promover reviravolta no jogo Imagem: Reprodução/TVGlobo
Ana Paula Renault

Ana Paula Renault

Mineira, nascida e criada em Belo Horizonte desde 1981. Filha de Deus e do meu pai, jornalista e ex-BBB formada. Pós-graduada duas vezes pela Fundação Dom Cabral e também pela vida. Participações em programas de televisão e até ponta em novela, figura constante em sites de fofocas e na boca do povo. Bon vivant, agora colunista do UOL e recebendo por isso.

Especial para o UOL

30/03/2017 08h50

Parece que tudo o que não aconteceu nesses mais de dois meses de programa, resolveu acontecer ontem e na madrugada de hoje, 30 de março. Teve briga do trio Marcos, Ilmar e Emilly, Ieda e Marinalva arquitetando a eliminação do casal, selinho entre os moradores e até discussão do Doc com a produção.

O queeeeê?! Foi babado! Começamos com o estranhamento entre os integrantes do pseudo triângulo amoroso, que já estava sendo desenhado. Emilly, há algum tempo, reclamava do tratamento recebido pelo seu amante e o fiel cão de guarda. Depois de uma conversa mal concluída, os rapazes deixaram Emília falando sozinha, que cuspindo fogo, foi afogar as mágoas nos espertos ouvidos de Ieda. A eterna vítima não poupou comentários desgostosos sobre os ‘aliados’, onde Mama pode ‘aconselhá-la’ a abrir os olhos e não cair mais nas garras da agora, dupla maquiavélica.

Pois muito bem, trio até então estremecido e a minha pergunta para você: Por que Doc e Ilmar resolveram, depois de tanto tempo de cumplicidade, expor a princesona? Cansaço de aturar tanta besteira? Medo da cria estar mais bem colocada aqui fora do que eles? Digo cria, porque foram os mesmos que a protegeram e evitaram que Emilly mostrasse a sua verdadeira face frente às circunstancias na casa.

É claro que Ieda não perderia a oportunidade de se aproximar de Emi, e travar assim, uma linda ‘amizade’. Já na festa, Mama contou seu plano para Marinalva, que imediatamente se prontificou a ajudar na exterminação do casal.

O selinho – que nem foi selinho assim, porque pegou mais bochecha do que boca – foi para desfazer um mal entendido entre Ilmar e a paratleta. Marinalva riu, mas depois foi problematizar o ‘beijo’ com as migles Emi e Ieda. O que Walter vai pensar? Nada, colega. Não aconteceu nada, mas você deveria ter reclamado na hora.

Reprodução/TVGlobo
Marcos ouve orientações da produção e depois confronta a direção Imagem: Reprodução/TVGlobo
Chegamos ao polêmico episódio da discussão de Marcos e a produção do "BBB". Durante a festa temática “Rio”, Mamão, que estava conversando com o Doc, mencionou Boninho e disse que teria sido ele quem conversou com Marcos no confessionário. Conversa? Oi? Ainda tem mais. O cirurgião cochichou uma parte do conteúdo desse misterioso bate-papo no confinamento, no qual a voz teria sugerido que o mesmo tivesse relações sexuais com a Vivian.

É! O público nas redes sociais não recebeu bem esse lamentável episódio. Um manifesto com “VIVIAN MERECE RESPEITO”, nos trending topics do Twitter, sugere manipulação nesse BBB17.

Como ex participante do programa, afirmo que em momento algum mantive conversas aleatórias ou recebi informações de quem quer que seja. A única conversa que tive, foi quando decidi sair do programa e me questionaram o porquê. Me explicaram as consequências da desistência e deixaram comigo a decisão. Sem dicas ou inclinações.

Se não acreditasse na idoneidade do programa, jamais teria me sujeitado a participar. Em uma outra coluna, escrevi que tenho total confiança nas votações e eliminações, ressaltando que a edição do programa, essa sim, pode favorecer ou prejudicar um participante.

A interpretação de texto mandou recado e utilizaram a minha matéria para ajudar a subir a tag “BBBManipulado”. Não! Não foi isso que escrevi. Manipulação: manobra oculta ou suspeita que visa à falsificação da realidade. Uma edição de 24 horas de conteúdo para 30 minutos, não é uma manobra suspeita, é seleção de conteúdo. O "Big Brother Brasil" é um programa de entretenimento, onde será mostrado aquilo que julgam melhor entreter, vide os trailers de filmes. Quem entra no programa sabe disso desde a primeira edição, agora, conversas estranhas no confessionário e direcionamento, minha Alice nunca permitiu acreditar. Até essa madrugada.

Fogo no parquinho! Ainda teve continuação: depois do corte no áudio – muito provavelmente para chamar a atenção do Marcos e do Mamão – o médico retrucou a produção gritando que ninguém iria prejudicá-lo. Não seria de bom tom reproduzir na íntegra o afronte, mas o desfecho foi esse. Os outros participantes tentaram apaziguar a situação, pedindo ao Doc que se calasse.

O que foi aquela conversa entre Ilmar e Marcos, já que qualquer interação com o mundo exterior é proibida? Informações, bastam as que Leifert desenha e colore para movimentar o jogo. Pelo menos essas são notórias e para todos. Conversa exclusiva no confessionário, é novidade.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ana Paula
Ana Paula

Ana Paula

Parece que o jogo virou, não é meixmo? Jogo da discórdia x Mr. Edição

Tiago Leifert já nos havia prometido um grande twist para essa 17ª edição do "BBB", mas a promessa, além de não cumprida, foi decepcionante. O falso paredão de Emilly foi uma verdadeira trapalhada. Em contrapartida, o jogo da discórdia desta segunda-feira (3), cumpriu a esperada movimentação do programa.   Vamos aos fatos. Foi anunciado que ex participantes fariam parte do episódio fazendo perguntas aos brothers. No início, achei que o joquinho não fosse engrenar. O primeiro a perguntar foi Daniel, tentando abrir os olhos do Marcos sobre o porquê de Emília não o ter protegido quando podia. Seria o início da ruína do romance mais fofinho do Brasil? Não. Marcos não captou a maldade e sua resposta foi sonolenta. Quédi fogo no parquinho?    $escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2017/meme-emilly-1491341528127.vm')As coisas só começaram a esquentar lá pela terceira pergunta, de Pedro para Ilmar; sobre quem? Emília, é claro. Foi quando Leifert sentiu a perda do controle da situação: Ilmar sendo interrompido pelo casal, direito de réplica e tréplica, conversas paralelas e por aí vai. O incêndio teve o seu ápice quando Marcos, novamente, falou que a polícia esteve no "BBB" à caça de Ilmar, pelo não pagamento de pensão alimentícia. O circo, que já estava armado, se transformou no ‘Casos de Família’ do SBT, onde estaria melhor conduzido nas mãos de Christina Rocha, já escolada nesses tipos de discussões e professora na arte de conter barracos – ou transformá-los na Rocinha inteira.    Meu espanto se deu ao churrasco que fizeram do casalzinho durante o programa. Nesses mais de 2 meses, a edição protegeu Falsemilly e Machista Harter de suas próprias personalidades e atuações, agora, faltando apenas 10 dias para o "BBB17" acabar, resolveu também acabar com o favoritismo dos dois? Mr. Edição, o público do sofá deve ter ficado bastante confuso... Como duas pessoas podem ter mudado tanto assim? Só sei que alguns participantes puderam ir à forra com essa lavação de roupa suja, só não sei se os telespectadores conseguiram entender o que realmente se passa nessa mansão não tão divertida.   $escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2017/meme-marcos-1491341553671.vm')A jogada da produção, nessa reta final, de expor o casal e as verdadeiras faces dos jogadores, com certeza chamou a atenção e levou ar ao já desfalecido "BBB". O problema se dá como todo o programa veio se desenvolvendo e a ruptura inesperada com a edição, com a seleção do conteúdo que nos foi transmitida nesses 71 dias.   Eu entendo a mecânica dos programas de entretenimento, entendo também a mecânica de um reality show – fui peça de um –, só quero entender como será a resposta do público frente à surpresa que foi esse dia 3 de abril, dia também da estreia de "Dancing Brasil", já que segunda, tem Xuxa na Record. 

Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Topo