Especial BBB17

Chico Barney

Uma pena Emilly ter ficado e muito bom Manoel ter saído

Reprodução
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Especial para o UOL

O público não tinha como ficar totalmente satisfeito nesse paredão. Nem totalmente frustrado. Manoel era o mais dispensável dos participantes da casa, mas a dinâmica trazida pela permanência de Emilly também não chega a ser o melhor caminho para o bom entretenimento.

Foi a pior semana do "BBB17". Como será que fica a cotação dos brothers rumo ao R$ 1.500.000,00? Veja a seguir em mais um levantamento exclusivo para o UOL.

TV Globo / Arte UOL
Imagem: TV Globo / Arte UOL

O nobre doutor é muito menos interessante do que sua legião de fãs faz parecer. O médico rico, esclarecido e cheio de amor pra dar é um ótimo protagonista para aqueles livrinhos de banca estilo “Sabrina”, mas uma desgraça para acompanhar em reality show. O jeito blasé como ele se relaciona com o jogo, com a postura “tanto-faz-como-tanto-fez” é irritante. E apostar todas as fichas num relacionamento pode até levá-lo ao prêmio, mas como integrante do rol de piores vencedores do BBB.

TV Globo / Arte UOL
Imagem: TV Globo / Arte UOL

Na qualidade de maior vitoriosa do último paredão, Vivian Joyce conseguiu se livrar do cativeiro e agora tem a oportunidade de recomeçar no jogo. É curioso notar que ela foi para a berlinda duas vezes, sempre contra seus principais aliados. Agora é esperar para ver se consegue construir amizades um pouco menos insalubres.

TV Globo / Arte UOL
Imagem: TV Globo / Arte UOL

É admirável sua disposição para manipular e trair todos que estão ao seu redor. E mais admirável ainda é sua completa falta de talento para tais atividades.

TV Globo / Arte UOL
Imagem: TV Globo / Arte UOL

Segue fazendo um jogo covarde e sem muita expressão. Inclusive esse é um dos maiores problemas do "BBB17" – os covardes sem muita expressão estão conseguindo se aliar para direcionar o jogo sem entrar em conflitos, o que é péssimo para o telespectador. De qualquer forma, cada vez que Daniel faz cara de paisagem, mais longe vai chegando.

TV Globo / Arte UOL
Imagem: TV Globo / Arte UOL

Esperava muito mais de Marinalva. Ela tem uma disposição acima da média para entrar em rota de colisão com seus colegas de confinamento, mas não conseguiu arranjar um bom motivo para isso. Talvez esse seja o maior drama da temporada: a falta de uma boa narrativa acaba privilegiando o insuportável romance entre Marcos e Emilly.

TV Globo / Arte UOL
Imagem: TV Globo / Arte UOL

É uma das poucas que tem se destacado positivamente. Foi responsável direta pela eliminação de Luís Felipe, depois foi engambelada por Elis e ainda chamou Emilly na chincha. Como se estivesse em uma aula de hidroginástica, Vovó Urach está se movimentando, ativando a circulação e garantindo uma sobrevida.

TV Globo / Arte UOL
Imagem: TV Globo / Arte UOL

Dificilmente você gostaria de ser vizinho ou trabalhar com Elis. Mas como é bom observá-la a uma distância segura, com suas artimanhas e picuinhas servindo apenas em nome da diversão descompromissada.

TV Globo / Arte UOL
Imagem: TV Globo / Arte UOL

O perfil contemporizador e parcimonioso deu lugar a uma postura extremamente cretina. Escolheu todos os motivos errados para votar na Emilly, o que provavelmente colaborou para a permanência dela na casa.

TV Globo / Arte UOL
Imagem: TV Globo / Arte UOL

Tenho a impressão de que nem Dráuzio Varella recomendaria que alguém parasse de fumar durante o confinamento em um reality show. O sósia menos carismático de Bussunda e Fausto Fawcett acabou realçando suas características menos simpáticas ao resolver se privar do consumo de nicotina.

TV Globo / Arte UOL
Imagem: TV Globo / Arte UOL

A Amazônia é fundamental para o equilíbrio do mundo. Quanto menos árvores, mais difícil de lidar com a poluição e o calor que assola o Brasil. Digo isso para esclarecer que as plantas têm sua importância. Pedro mais uma vez ditou os rumos do programa essa semana, nos fazendo lembrar que morar numa rua arborizada tem suas vantagens.

TV Globo / Arte UOL
Imagem: TV Globo / Arte UOL

Emilly reúne todas as características que tornam alguém um excelente material para o BBB. Ela entende rápido as pessoas, e usa isso para tentar passar por cima de todo mundo. Seria um clássico do programa, se não estivesse tão plenamente disposta a fazer um jogo chato pra caramba. Nenhum diálogo com Marcos parece natural, tudo soa como texto ruim e mal ensaiado. Fica até difícil de perceber que "A Lei do Amor" acabou e já começou o "BBB".

O prezado leitor deve ter percebido que estou um pouco desanimado com os rumos dessa edição. Pelo menos a Família Silva foi para as cucuias.

Concorda ou discorda das avaliações dessa semana? Manifeste-se nos comentários. Da minha parte, posso garantir que volto a qualquer momento com novas informações.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Topo