Topo

Especial BBB17

Emilly e Roberta criticam Marinalva: "Não se fala da mãe de ninguém"

Do UOL, em São Paulo

04/02/2017 19h34

Roberta e Emilly criticaram o comportamento de Marinalva durante e após a prova do líder, neste sábado (4). No quarto do líder, no "BBB17", a paulista falou: "Não se fala da mãe de ninguém , isso é muio desumano".

A gêmea chegou a dizer que votaria na sister: "Se eu tivesse voto de confessionário, meu voto seria dela. Porque a atitude dela de querer me desestabilizar falando da minha mãe. Não é só pelo o que ela falou, mas pela atitude dela desonesta. Ela é tão desestabilizada que ela queria desestabilizar a gente. Foi muito ruim o que ela fez pra mim".

Emilly deixou claro que encarou a fala da paranaense como uma forma de desestabilizá-la. "Eu segurei muito para não chorar". As sisters comentavam que Marinalva é competitiva ao ponto de prejudicar oponentes para vencer.

"A competitividade dela leva ela a uma dificuldade mental inaceitável. Isso não é normal", afirmou Roberta. "Tudo você coloca no da sua mãe", disse Emilly repetindo as palavras ditas por Marinalva no dia anterior. 

Roberta continuou a criticar a forma da agir da colega de confinamento: "Ela falou: 'Eles estão de parabéns, mas eu tinha que vencer'". "Ser competitivo não é ser maldoso", opinou a gaúcha. 

"Ela é tão segura, mas usa a perna dela, tipo, como...", falou a youtuber. "Então não participa", completou a gêmea. 

Prova do líder

A segunda prova do líder do "BBB17" exigiu resistência dos brothers e foram Emilly, Rômulo e Marinalva que mais tempo resistiram. Durante a prova, a gaúcha disse que estava ali por sua mãe e que somente por ela choraria na casa.

A paratleta questionou deixando subentendido que a gaúcha chora sem motivos. A mãe de Emilly, que disputou uma vaga na casa com sua irmã gêmea Mayla, morreu no dia 28 de dezembro de 2016. 

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!