Topo

Especial BBB17

Ilmar diz que não irá mais cozinhar: "Tenho que ser ruim"

Reprodução/Tv Globo

11/02/2017 16h51

Ilmar não está mais disposto a cozinhar para o grupo "Tá Com Nada", neste sábado (11). Segundo o cozinheiro, os colegas de confinamento não lhe dão apoio na cozinha. Além disso, lhe condenaram por ter causado uma punição coletiva ao comer um bolinho de chuva, no "BBB17". 

Ieda arrumava a cozinha quando Marcos chegou ao ambiente. A aposentada comentou que ninguém do "Tá Com Nada" (grupo formado por Ilmar, Marinalva, Roberta, Manoel, Vivian e Luiz Felipe) havia almoçado. A gaúcha explicou que Ilmar havia avisado que não iria cozinhar e que nenhum outro participante se ofereceu para assumir a cozinha.

Marcos comentou que achava a atitude de Ilmar errada, mas Ieda discordou: "Quem tem que se preocupar são eles. Ninguém é obrigado a saber cozinhar, mas senta aqui descasca alguma coisa. Quando você faz por obrigação, sendo que ninguém vem dar um apoio, e, às vezes, pelas costas te queimam... É o que está acontecendo".

Marcos foi para o quarto conversar com Ilmar. De acordo com o médico, o brother deveria ceder e preparar o almoço para os colegas. Ilmar continuou se negando, alegando que os demais acreditam que ele tenha a obrigação de cozinhar. "Na hora que eu tiver vontade de cozinhar para todo mundo, eu vou cozinhar. Só que eu não tenho obrigação", se defendeu o cozinheiro. 

Marcos insistiu que o brother estava fazendo retaliação. Ilmar alegou estar com o dedo cortado: "Não posso molhar, como vou cozinhar?". O campo-grandense afirmou que estaria disposto a ensinar os demais a cozinhar, porém nenhum deles se ofereceu. Elis, que estava no quarto, afirmou que Marinalva já havia se oferecido para ensinar, mas ninguém quis aprender. 
 
Ilmar ainda criticou Emillly e Luiz Felipe: "Eu cozinhando e vem cara fazer show por causa de ovo. Brigar com uma senhora de 70 anos por causa de cama? Por mim podem morrer de fome. Tenho que ser ruim".

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!