Topo

Especial BBB17


Emilly briga com Elis para migrar para grupo "tá com tudo"

Reprodução/TVGlobo
Marcos tenta convencer Emilly a ceder Imagem: Reprodução/TVGlobo

Do UOL, em São Paulo

12/02/2017 12h10

Foi difícil, mas o grupo "tá com nada" finalmente conseguiu convencer Emilly a ceder e permitir que Elis migrasse para a turma "tá com tudo". A transferência é prevista nas regras do programa, mas cabe ao grupo chegar a um consenso sobre quem deve ganhar o privilégio.

Elis disse que já tinha pedido para trocar de grupo, mesmo antes de saber o resultado da prova da comida. Além disso, argumentou ter intolerância à lactose. Emilly, no entanto, demorou a se convencer.

"Isso me afeta muito. E tem mais: na minha liderança eu não puder comer tudo por causa do Mamão (Ilmar). Não entendo que ela deva ir só por ter intolerância a leite", defendeu-se Emilly.

Marcos, Pedro e Ieda defenderam o ponto de vista de Elis e convenceram Emilly a ceder. "Quando um grupo de pessoas mais velhas diz algo e só você diz o contrário, existe uma grande probabilidade de você estar errado. Talvez você ainda não tenha idade para perceber isso", disse Marcos após a gêmea capitular.

Paredão

Neste domingo ocorre a formação do terceiro paredão do “BBB17”. Daniel, o líder, escolhe um colega de confinamento para a berlinda enquanto os brothers definem a outra vítima. Na última quinta-feira o apresentador Tiago Leifert avisou que o paredão deste fim de semana será triplo, com a terceira vaga sendo determinada pelo big fone. Quem atender o aparelho, que vai tocar durante o programa ao vivo, empareda um colega de confinamento. Emilly, o anjo da casa, imuniza um brother e Luiz Felipe, mais votado no jogo da discórdia, tem voto com peso duplo.