Topo

Especial BBB17

"Aprendi que a última ação é a que fica, o erro foi meu", diz Luiz Felipe

Reprodução/TV Globo
Luiz Felipe após eliminação do "BBB17" Imagem: Reprodução/TV Globo

Giselle de Almeida

Do UOL, no Rio

15/02/2017 00h57

Na avaliação do próprio Luiz Felipe, eliminado desta terça-feira (14) do "Big Brother Brasil", dois erros que cometeu na casa pesaram na decisão do público. Os atritos com Marcos e Ieda. 

O apresentador Tiago Leifert chegou a comentar que se o pedido de desculpas para a Mama, momentos antes do resultado do paredão, tivesse sido feito antes, o jogo poderia ter sido diferente. Ele concorda.
 
"Acho que sim, até pelo fato de ela ser mais velha, da coisa do desrespeito do jovem. Até tentaram conversar comigo lá dentro, mas às vezes você fica com a cabeça no ar. Com certeza me arrependo [de não ter pedido desculpas antes]. Eu pensava 'ela tá me atacando, o Brasil tá vendo'. Aprendi que a última ação é a que fica, o erro foi meu. Foi coisa do jogo, às vezes a gente comete alguns erros", disse.
 
Vestido com sua "bermuda da sorte", com que conquistou duas provas da comida, Luiz Felipe ficou surpreso de saber que era criticado por Emilly e que Roberta votou em Mayara. 
 
"Isso me chocou muito. Sei que é um jogo, mas como ela era uma pessoa muito próxima a mim, achei que ela me falaria a verdade", afirmou ele, que manifestou sua torcida para Daniel e preferiu não comentar o jogo das sisters antes de se inteirar do que aconteceu na casa.
 
Sobre Mayla, com quem teve um envolvimento na casa, ele deixou em aberto. "Preciso conversar com ela. Se der certo, ótimo. Se não", vida que segue.
 
Já nos minutos finais da coletiva, Luiz foi questionado sobre a suposta agressão a uma ex-namorada, que repercutiu negativamente enquanto estava confinado. "Eu era muito novo", afirmou.