Topo

Especial BBB17

Irmã de Emilly detona Marcos: "Correu atrás e agora critica! Está feio"

Reprodução/TV Globo
Durante o confinamento, Mayla e Emilly passavam juntas o dia dentro da casa Imagem: Reprodução/TV Globo

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

06/03/2017 19h04

Gêmea de Emilly, Mayla passou os dois últimos dias tentando achar uma explicação para o comportamento do namorado da irmã, Marcos. A ex-sister não entende a mudança de atitude do médico dentro do "BBB17". "Acho que todo mundo viu quem correu atrás de quem para ter um relacionamento na casa. Marcos correu tanto atrás dela e agora só critica! Está feio, está estranho", disse em entrevista ao UOL.

Após o cirurgião plástico dizer que pensa em se afastar da estudante, Mayla disse: "O momento que ele parar de fazê-la feliz não tem muita lógica continuar, mas não posso decidir por ela".

Arrogante, egoísta e imatura foram alguns dos predicados que Marcos atribui a Emilly, mas Mayla discorda e diz que ele não tem muito conhecimento de causa para apontar as falhas da irmã. " Ele não conhece tão bem a minha irmã para falar essas coisas. A Emilly nunca foi egoísta porque sempre teve que dividir tudo comigo. Sempre fui mais egoísta do que ela e a nossa família inteira é prova disso. Com relação à imaturidade pode até ser, mas nós só temos 20 anos. Temos que aprender muito com a vida", explica.

Sobre a arrogância, Mayla acredita que a já comentada autoestima elevada da sister muitas vezes acaba sendo mal interpretada. "Arrogante? Não mesmo. A Emilly se ama e as pessoas acham estranho essa autoconfiança, mas ela sempre foi assim. Queria eu ter essa autoestima e sinto falta quando ela não está por perto para me incentivar, me apoiar. Ela sempre me diz: 'Você tem que acreditar que é linda, para as pessoas acharem você realmente é linda'".

Além de Mayla, o pai da dupla, Volnei Araújo, também não está gostando das atitudes do, até o momento, futuro genro. "Meu pai não tem tempo para acompanhar o programa, mas eu o mantenho informado. Claro que não gostou de ele ter criticado a Emilly. Ficou chocado, mas o que a Emilly decidir, nós vamos acatar. Se ela quiser continuar com ele dentro da casa, tudo bem. Se tiver que ter um romance aqui fora, tudo bem também".

As irmãs perderam a mãe, vítima de câncer, em dezembro, e Mayla rechaça a possibilidade de o público ver Emilly como "a coitada" do jogo. "Sinceramente, não sei  como as pessoas a veem. A nossa mãe sempre deu muita força. Nos últimos dias, ela disse que não queria choro, que queria ver a gente feliz e, se a gente se isolasse da vida, ela puxaria os nossos pés. Uma pessoa que perdeu a mãe não pode sofrer? Ela tem que ser taxada de coitada? O Brasil não poder ver a Emilly como uma coitada, o Brasil tem que ver a Emilly como a guria que ela é: alegre e de bem com a vida."

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!