Topo

Especial BBB17

Marcos quer ser só amigo de Emilly e sister chora: "Tu virou um monstro"

Reprodução/TV Globo
Emilly chora em conversa com Marcos Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

17/03/2017 00h43

Parece que o relacionamento entre Marcos e Emilly está chegando ao fim no "BBB17". Depois de inúmeras brigas e crises de ciúme, o casal resolveu dar um tempo na tarde desta quinta-feira (16), mas mesmo assim as discussões continuaram e Marcos resolveu se afastar de maneira mais radical. Emilly reclamou da aproximação entre Marcos e Elettra e sugeriu que o cirurgião é interesseiro e só estava perto dela para ganhar um carro, já que a hermana é herdeira da família Lamborghini.

Marcos chamou a sister para conversar no quarto e afirmou que não estava mais conseguindo conviver com ela. "Eu gosto de você, mas tá difícil. Eu estou sendo muito complacente, mas esse tipo de briga me desgasta muito. A culpa não é só sua nem minha, são formas diferentes de viver. Mas é desgastante demais. Eu preciso ser livre", discursou o brother. 

Emilly interrompeu a fala do brother e afirmou que ele não conseguia dar a ela o mínimo de atenção. "Eu não entendo porque pra você ser livre tu tem que ser mal educado comigo. Tu foi fazer um sanduíche agora de noite e nem me ofereceu um prato, mas pra Elettra tu ofereceu. Parece pequeno, mas é uma gentileza, um cavalheirismo, uma coisa que eu espero de qualquer homem com quem me relaciono. Até o Rômulo faz essas coisas pra mim e tu não é capaz", argumentou a sister, ofendida. 

O cirurgião não gostou da reclamação de Emilly, e reafirmou que não tem interesse em se relacionar com alguém que o cobre tanto. "Essa cobrança eu não quero mais. Eu sou teu amigo, não te desejo mal, continuo cuidando de você e te respeitando, então por favor tu me respeite. Chegou num ponto em que não dá. Minha liberdade não tem preço, ninguém vai me comprar. Você é muito ciumenta, possessiva. As pessoas estão rindo de ti nas tuas costas. Acho que vai ser saudável a gente se afastar. Não sinto a mesma coisa que eu sentia há três semanas", reclamou o brother, que explicou para a sister que a acusação de que ele seria interesseiro foi imperdoável.

"Me magoou profundamente. Eu já me relacionei com gente com poder aquisitivo muito maior que o meu, e quando me vi em uma situação que eu não queria mais, eu sai fora, e olha que tinha muita gente botando pressão pra eu continuar por causa do dinheiro". Emilly negou que tenha feito a acusação a sério e disse que era apenas ironia, mas o cirurgião não acreditou.

Marcos não disse com todas as letras que quer terminar o relacionamento com a sister, mas continuou pedindo um tempo e disse que quer ser apenas amigo de Emilly por enquanto. "Você não é o mesmo cara que eu conheci. Tu virou um monstro. Não me respeita, acha que é o tal", respondeu Emilly, revoltada. A sister também se negou a ser amiga do brother enquanto eles ficarem separados.

"Eu não sou tua amiga. Não consigo ser amiga de alguém que eu esperava tanta coisa". Marcos, entretanto, disse que será amigo dela de qualquer forma. "Vamos terminar só a tentativa de relacionamento. A tentativa foi infrutífera. Só isso". Emilly negou e Marcos saiu do quarto. A gêmea permaneceu sozinha e se escondeu embaixo do edredom.

Poucos minutos depois, Marcos foi conversar com Ilmar no quarto do líder e revelou que pediu "um tempo" para a sister, mas não falou em término definitivo em sua conversa com o advogado.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!