Topo

Especial BBB17

Ieda critica Ilmar por punição: "Nem um pedido de desculpa veio"

Reprodução/TVGlobo
Ieda condena postura egocêntrica de Ilmar Imagem: Reprodução/TVGlobo

Do UOL, em São Paulo

21/03/2017 08h37

Durante a madrugada desta terça-feira (21), os brothers repercutiram a punição coletiva depois da displicência de Ilmar em deixar Emilly entrar no quarto do líder sozinha, o que é proibido pelas regras do jogo.

"Uma coisa é você fazer algo sem querer, outra coisa é fazer algo premeditado", queixou-se Daniel. Rômulo comenta que o que aconteceu foi diferente de uma trollagem e Ieda observa: "Nem um pedido de desculpa veio".

Cada participante perdeu 500 estalecas, totalizando 4 mil estalecas. Mesmo sabendo que é proibido pelas regras do programa que qualquer participante fique dentro do quarto do líder na ausência do mesmo, o advogado saiu do ambiente deixando a gêmea sozinha.

Após a gaúcha deixar o quarto, a produção avisou os confinados sobre a penalidade coletiva. Emilly reclamou: "Perdeu 500 estalecas por nada, Mamão (Ilmar). Mesmo a punição se estendendo a todos, o comentário do sul-mato-grossense foi: "Foda-se! O que são 500 estalecas?" Marcos, seu fiel escudeiro, apressou-se em relativizar o ocorrido: "Nessa altura do campeonato, não importa".

Paredão

Na noite desta terça-feira ocorre o desfecho do oitavo paredão do “BBB17”. Os emparedados desta vez são Rômulo, Marcos e Ieda. O diplomata foi indicação de Ilmar, líder da semana. Ieda foi à berlinda pelos votos da casa enquanto Marcos entrou na disputa por escolha de Marinalva, que ganhou o direito de indicar um brother após vencer um quiz sobre a visitante Elettra Lamborghuini.   

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!