Topo

Especial BBB17

Advogado de Ilmar nega que polícia tenha ido ao "BBB": "Jamais aconteceu"

Reprodução/TVGlobo
Marcos disse que polícia foi ao "BBB" cobrar Ilmar por pensão; advogado do brother nega Imagem: Reprodução/TVGlobo

Do UOL, em São Paulo

03/04/2017 14h32

O advogado de Ilmar negou que o sul-mato-grossense esteja devendo pensão alimentícia a seu filho e afirmou que a polícia nunca foi até a casa do “BBB” para cobrar a suposta dívida – ao contrário do que Marcos alegou na manhã desta segunda-feira (3) durante um “surto” no programa.

De acordo com o advogado João Victor de Souza Cyrino, a pensão alimentícia “é prioridade para Ilmar, que a mantém em dia”. Ele ainda esclareceu que, durante o período em que Ilmar está confinado, pessoas próximas a ele ficaram responsáveis pelo pagamento: “Desde que foi para o ‘BBB’, Ilmar tem em sua família, amigos e advogado pessoas com a incumbência de realizar o devido pagamento da pensão, de modo que ela encontra-se em dia, não tendo sofrido atraso em razão de sua participação no programa”.

Em seguida, Cyrino afirmou que o episódio citado por Marcos “jamais aconteceu”. “A família de Ilmar pediu à produção que lhe perguntasse sobre a senha de sua conta bancária na intenção de utilizar-se do dinheiro para outras finalidades. A pensão, prioridade, estava e segue paga corretamente; Ilmar, porém, preocupado com o filho, interpretou que o pedido poderia ser por conta da pensão”.

O advogado ainda reforçou que “não existiu nenhuma ação de execução de pensão alimentícia, muito menos presença da polícia na casa do ‘BBB17’” e pediu a Globo que desminta Marcos. “A manutenção da fala inverídica sem resposta pode prejudicar Ilmar tanto na disputa do atual ‘paredão’ quanto em sua honra e imagem”, justificou Cyrino.

Indicado pela líder Emilly, Ilmar disputa o paredão com Marcos, o mais votado da casa. Antes amigos no confinamento, eles tiveram uma série de desentendimentos nos últimos dias.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!