Especial BBB17

Eles querem Emilly campeã do "BBB17": Conheça os fãs apaixonados da gaúcha

Divulgação/TV Globo/Paulo Belote
Emilly com figurino branco na festa em homenagem à Bahia na reta final do "BBB17" Imagem: Divulgação/TV Globo/Paulo Belote

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

Eles são loucos por Emilly, a participante mais polêmica do “BBB17”, e juram que vão fazer da gaúcha a nova campeã do reality show. E é bom não duvidar dessa torcida -que só no Instagram contabiliza mais de 948 mil seguidores. É graças aos mutirões de votação organizados por esses fãs que a gaúcha se tornou imbatível nos paredões e franca favorita ao prêmio de R$ 1,5 milhão.

Mas afinal quem faz parte desse dedicado fã clube? Durante uma semana, o UOL conversou com fãs de vários grupos, alguns exclusivos da gêmea e outros com o namorado de confinamento, o doutor Marcos, para entender o motivo de tanta adoração.

Operadora de caixa de um supermercado das 9h às 17h, em Bagé, no Rio Grande do Sul, Viviane dos Santos tem 28 anos, é casada e mãe de dois filhos, de 8 e 10 anos. Sempre assistiu “Big Brother Brasil” e até torceu para alguns brothers em edições passadas, mas fã mesmo de participar de forma tão direita e decisiva, é a primeira vez.

“Criei o 'TeamEmillyeMarcos' no Facebook e em duas semanas consegui 13,5 mil associados. Chamei duas amigas para me ajudar a administrar a página porque não consigo dar conta. Ainda mantenho conversas com outros fãs clubes da Emilly nas outras redes sociais para não perdemos o foco, que é fazer dela a campeã”, explica.

Reprodução/facebook/Matheus Bonfim
Matheus Bonfim sonha em conhecer Emilly no final do programa Imagem: Reprodução/facebook/Matheus Bonfim
Foco é a palavra chave que Matheus Bonfim usa para explicar o esquema que envolve os paredões para ajudar Emilly a vencer. Dono do fã clube “Emillyforeveer” no Instagram com 12,3 mil seguidores, ele em média faz sozinho 3.000 votos positivos para a sua musa e explica como funciona.

“Votos positivos são votos para o adversário sair. Nesse último por exemplo, votei a metade para Ilmar sair e deixar o Marcos porque se o médico saísse, a Emilly ficaria triste e isso não seria bom nessa reta final", explica o funcionário de uma loja em Nova Iguaçu, que ainda marca presença na plateia do programa.

"Já conhecei a Mayla e seu Volnei. Só falta a Emilly, o meu sonho", diz.

A pernambucana Maria Catarina Soares, de 17 anos, faz uma média de 2.000 votos por paredão. Estudante de publicidade, ela é dona de um “fandom”, ela revela que, desde que assumiu sua torcida por Emilly nas redes sociais, ganhou aproximadamente 2.000 seguidores, o dobro do número que já tinha por conta da sua participação em grupos de discussões sobre séries e realities shows.

Ela também é a responsável por um dos subgrupos que ajudam os três grupos oficiais de mutirões de Emilly: Emillyaraujo, EmillyMutirão e @MutirãoEmilly. O esquema de mutirão funciona de hora em hora durante todo o tempo da votação aberta pelo programa. Cada subgrupo passa uma meta para os seus respectivos membros, que disponibilizam de três a quatro horas por dia. No final de cada hora, é passado o total para os grupos oficiais.

“As fãs da Clara e Vanessa [campeã do BBB14] usaram esse esquema. O nosso é mais complexo porque nós mesmos não sabemos o número exato de fãs da Emilly. Somos bastante organizados, mas de vez em quando aparece um fã sozinho e dá uns 200 votos. É uma loucura”, admite Maria que já pensa no paredão contra “a outra lá” – ela não pronuncia o nome da sister Vivian.

“Vamos ter que juntar todas as forças para não deixar que a outra lá vença. A torcida dela até que é grande, mas o problema está na união de todos os eliminados. Vão ser todos contra Emilly", prevê. 

Reprodução/Twitter/@arrobasisi
Sílvia Calderado acha Emilly imatura,mas a defende: "Ela foi quem mais se jogou na casa" Imagem: Reprodução/Twitter/@arrobasisi
O confronto Emilly e Vivian também é o mais aguardado pela estudante de jornalismo Silvia Letícia Calderado, de 18 anos, moradora de Manaus.

“Sempre assisto ‘BBB’ e acabo escolhendo um brohter para torcer. Este ano, escolhi o Marcos, mas logo mudei para a Emilly porque ela foi a mais sincera e quem mais se jogou dentro da casa sem querer agradar os outros. Emilly é imatura, egoísta e brigona. Sim, ela tem vários defeitos, mas não tem medo de errar ", analisa Sílvia, que atua mais no Twitter e é uma das administradoras do @mutirãoemilly.

Sílvia concorda que a grande maioria dos fãs de Emily são jovens na faixa dos 15 aos 20 anos, mas rejeita o rótulo de “torcida kids”. “Nada a ver. As pessoas mais idosas também gostam da Emilly, do jeito doce e da esperteza dela. Gostando ou não, a favor ou contra, todo mundo sabe que a protagonista desta edição foi ela”.

Presidente do Fã-Clube AraújoHarter, mas agora totalmente "TeamEmilly", Tailane Caroline Santos, de 24 anos, é carioca e auxiliar de veterinária no Rio. Mesmo sem conhecer Emilly pessoalmente e ela descreve a personalidade da participante do "BBB17" com propriedade.

"Ela é uma menina forte, autêntica e muito determinada. Emilly me encanta por essa personalidade forte. Tem autoestima elevada? Ok, É brigona? Ok. Erra muito? Sim, mas quem não erra! É bom lembrar que ela só tem 20 anos e está errando para acertar e amadurecer."

Tailane, que já trocou mensagens com a Mayla pelas redes sociais, tem esperanças de conhecer um dia pessoalmente as duas gêmeas. "Quero muito, mas se isso não acontecer, vou torcer para elas terem sucesso. Gosto das duas, mas sinto um carinho especial pela Emilly. Só em saber que a ajudei a realizar um sonho de estar no 'BBB' e se Deus quiser a ganhar, já me deixa realizada", diz.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
TV e Famosos
UOL Entretenimento
TV e Famosos
Blog do Maurício Stycer
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Redação
Redação
Redação
Redação
Colunas - Flavio Ricco
Redação
Redação
Redação

Redação

Emilly é intimada a prestar depoimento na Delegacia da Mulher nesta segunda

Vencedora do "Big Brother Brasil 17", Emilly foi intimada a prestar depoimento nesta segunda-feira (17) às 10h na Delegacia da Mulher de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela delegada Marta Noeli, chefe da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher.   A gaúcha irá falar sobre as agressões físicas e verbais sofridas dentro da casa do "BBB" durante uma briga com Marcos na madrugada de sábado passado. Marta Noeli acredita que Emilly não precisará fazer exame de corpo delito.   "Ela já que foi examinada pelo médico na Globo, mas a Dra. Viviane quem vai decidir", explicou.     Após ouvir o depoimento do ex-BBB Marcos Harter na quarta-feira, a delegada Viviane Pinto, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no Rio, falou sobre o inquérito que apura o suposto crime de lesão corporal cometido pelo médico contra Emilly, que culminou com a expulsão dele do "BBB17".   "Quando a Polícia Civil tomou conhecimento de um possível delito de violência doméstica ocorrendo no interior do reality show, a diretora do departamento me ligou e nós analisamos brevemente os momentos e vimos sim que ali havia indícios do crime de lesão corporal praticados contra a participante Emilly. Por isso decidimos instaurar inquérito policial para apurar o crime de lesão corporal", disse.   "Na segunda, instauramos o inquérito e foram solicitadas câmeras e deixadas intimações para a Emilly e para o Marcos. Quero deixar claro que a decisão pela expulsão dele foi unilateral da emissora", disse a responsável pela investigação. A delegada disse ainda que a apuração está adiantada e os próximos passos serão as análises das imagens.   O cirurgião plástico prestou depoimento nesta quarta-feira (12) sobre as agressões em rede nacional durante uma discussão com Emilly, que foram ao ar na madrugada de domingo.   Durante entrevista ao "Mais Você" desta sexta, Emilly afirmou que pretende conversar com o cirurgião plástico: "Colocar tudo em pratos limpos". A ex-BBB revelou que foi instruída a não conversar com o gaúcho. "Me disse disseram que, no momento que ele saiu, ficou contra mim. Ele começou a fazer campanha contra mim: 'O Marcos está contra ti, ele está fazendo companha contra ti', me disseram", comentou.  

Redação
Redação
Redação
Redação
Chico Barney
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
UOL Entretenimento
Redação
Redação
Maurício Stycer
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo