Topo

Especial BBB17

Emilly questiona produção durante prova de resistência e áudio é cortado

Reprodução/TV Globo
Emilly reclama durante prova de resistência Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

08/04/2017 05h24

Após mais de seis horas de prova de resistência, Marinalva e Emilly começaram a sentir o cansaço e procuraram novas posições para ficarem sentadas em seus tapetes voadores. Os movimentos de Marinalva, que já haviam deixado o público na dúvida, chamaram a atenção de Emilly, que achou que a sister não estava tecnicamente sentada por estar apoiando o peso do corpo nos braços por alguns minutos.

"Posso fazer uma pergunta? Ficar sentada é ficar com as duas nádegas no tapete? Senão também vou flexionar as minhas pernas", perguntou Emilly para as câmeras. O áudio do pay-per-view foi imediatamente cortado, e quando retornou Emilly continuou a conversa: "Então vocês tem que ver isso. Vejam o vídeo. Pensei que não podia levantar a perna", reclamou ela.

Após essa fala, Emilly deixou a conversa de lado e voltou a massagear suas pernas. Marinalva não se pronunciou durante nenhum momento da conversa.

Entenda a prova

Sentados em tapetes voadores, no maior estilo "noite das Arábias", Emilly, Marcos e Marinalva disputam nesta sexta-feira (07) uma prova de resistência que vale liderança e imunidade no 11º paredão do "BBB17", que será realizado excepcionalmente neste sábado. 

Intitulado "Tapetes Voadores", o desafio consiste em ficar sentado sobre tapetes voadores. De tempos em tempos, um sinal obrigará os confinados a tocar uma campainha. Quem não apertar o botão no tempo estimado - 10 segundos - será eliminado da prova. 

"Não pode fazer xixi, não pode dormir, não pode encostar nos cabos pretos, não pode deitar. Não brinquem com a regra, esse é aquele pênalti que a gente bate com força", orientou Tiago Leifert.

Ieda e Vivian não se classificaram para a disputa de hoje e não participam da prova. A produção também não autorizou a permanência das sisters do lado de fora da casa. "Aproveitem para descansar", disse Leifert. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!