Topo

Especial BBB17

Prova do líder: após nove horas de competição, Emilly reclama de sono

Reprodução/TVGlobo
Emilly se queixa de sono durante prova do líder Imagem: Reprodução/TVGlobo

Do UOL, em São Paulo

08/04/2017 08h31

A prova do líder completou nove horas de duração sem que Emilly ou Marinalva tenham desistido de vencê-la. A gêmea, no entanto, já reclamou do sono. "Jesus amado. Que sono, tchê", disse depois de tentar se distrair cantando. Marcos, o terceiro competidor, foi eliminado aos 20 minutos de disputa ao infringir uma regra.

Sentados em tapetes voadores, no maior estilo "noite das Arábias", a gêmea a paratleta disputam desde o dia anterior uma prova de resistência que vale liderança e imunidade no 11º paredão do "BBB17", que será realizado excepcionalmente neste sábado.

Intitulado "Tapetes Voadores", o desafio consiste em ficar sentado sobre tapetes voadores. De tempos em tempos, um sinal obrigará os confinados a tocar uma campainha. Quem não apertar o botão no tempo estimado - 10 segundos - será eliminado da prova.

"Não pode fazer xixi, não pode dormir, não pode encostar nos cabos pretos, não pode deitar. Não brinquem com a regra, esse é aquele pênalti que a gente bate com força", orientou Tiago Leifert.

Ieda e Vivian não se classificaram para a disputa e ficaram de fora da prova. A produção também não autorizou a permanência das sisters do lado de fora da casa. "Aproveitem para descansar", disse Leifert.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!