Topo

Especial BBB17

Emilly chora após ser chamada ao confessionário

Reprodução/TV Globo
Emilly chora após falar com a produção Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

10/04/2017 20h01

Cerca de uma hora após Marcos ser chamado para o confessionário no começo da noite dessa segunda-feira (10) , agora foi a vez de Emilly. O áudio da casa foi cortado por poucos segundos e a sister seguiu até o cômodo privado da casa. Depois de cinco minutos, ela deixou o local e foi até a cozinha em silêncio, na sequência ela caiu no choro e isolou na área externa da casa.

Marcos saiu atrás da sister e tentou conversar com ela sobre o que aconteceu no confessionário: "É alguma coisa comigo?". A gaúcha respondeu algo semelhante ao que o brother disse para ela minutos antes: "O que acontece no confessionário, fica no confessionário". 

O médico iniciou o diálogo perguntando "O que houve?". A sister foi direta na resposta: "Nada". Novamente o cirurgião tentou puxar conversa: "Nada? Posso te ajudar?", mas a gaúcha não quis papo: "Não, tô bem".                 

Uma hora antes, o gaúcho ficou por cerca de 15 minutos no local. Ao deixar a sala particular, Marcos seguiu direto para o banheiro, depois entrou na despensa para pegar um saco de lixo. Ele tomou um remédio na cozinha, porém não é possível afirmar que ele recebeu o medicação no confessionário ou pegou na despensa.

Nas redes sociais existe uma grande campanha pedindo a exclusão do brother do "BBB17" por agressão. Famosos se mobilizaram pedindo providências contra Marcos. As conversas no confessionário podem indicar a possível exclusão do médico. 

Denúncia de agressão

A polícia esteve na casa do "Big Brother Brasil" nos Estúdios Globo, em Curicica, zona oeste do Rio, para ouvir Marcos e Emilly sobre um episódio de agressão contra a gaúcha na madrugada de sábado para domingo.

A informação foi confirmada pela delegada Marcia Noeli Barreto, chefe da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, na tarde desta segunda-feira.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!