Topo

Especial BBB17

Emilly lamenta expulsão de Marcos: "Dava para esperar mais três dias"

Reprodução/TVGlobo
Emilly não engole expulsão de Marcos poucos dias antes do fim do programa Imagem: Reprodução/TVGlobo

Do UOL, em São Paulo

11/04/2017 00h49

Após a expulsão de Marcos - que pegou as sisters de surpresa na noite de segunda -, Ieda e Vivian tentam fazer Emilly entender o ocorrido em conversa na área externa da casa no início da madrugada desta terça-feira (11). A gêmea, no entanto, continua contrariada com o afastamento do brother a poucos dias do término do programa.

“Eu tenho certeza que ele não queria sair. Se fosse para sair, ele saía antes. Ele chegou até aqui, mas sair três dias antes... Ele nunca teria a intenção de me machucar", afirma Emilly. A aposentada ouve e aconselha: "Os casais muitas vezes brigam porque se gostam. Brigam por vários motivos e, normalmente, as mulheres não falam nada. Um dia acontece uma briga maior. Não vou dizer que isso iria acontecer aqui, mas é assim que acontece. Um dia a briga é maior e, às vezes, essa briga é fatal".

Emilly continua acreditando ter sido um exagero a expulsão do doutor: “Ele não ia fazer nada. Ele não ia me agredir. Ele não ia bater em mim. Dava para esperar mais três dias”, avalia. Ieda argumenta: “Foi apenas preventivo. Um dia acontece”.

Marcos foi expulso do “BBB17” acusado de agredir fisicamente e psicologicamente a sister gaúcha, como quem mantinha um relacionamento dentro da casa. O anúncio foi feito pelo apresentador Tiago Leifert no programa ao vivo de segunda-feira. Com isso, Emilly, Ieda e Vivian tornaram-se finalistas automaticamente e disputam o prêmio principal que será definido na próxima quinta-feira. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!