Especial BBB17

Após ser expulso do "BBB17", Marcos depõe em delegacia da mulher no Rio

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

12/04/2017 14h34

Intimado pela polícia, o cirurgião plástico Marcos Harter prestou depoimento nesta quarta-feira (12) na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no Rio, sobre as agressões em rede nacional durante uma discussão com Emilly, que culminaram em sua expulsão do "BBB17". 

Marcos chegou à delegacia numa van, acompanhado da irmã, Caroline Harter, da advogada e cercado por três seguranças. Ele não falou com a imprensa na chegada nem ao deixar a unidade, onde permaneceu por cerca de 3 horas. Na saída, recebeu o apoio de fãs e sorriu. 

Após ouvir o depoimento, a delegada Viviane Pinto, responsável pela investigação, falou sobre o caso. "Quando a Polícia Civil tomou conhecimento de um possível delito de violência doméstica ocorrendo no interior do reality show, a diretora do departamento me ligou e nós analisamos brevemente os momentos e vimos sim que ali havia indícios do crime de lesão corporal praticados contra a participante Emilly. Por isso decidimos instaurar  inquérito policial para apurar o crime de lesão corporal", disse a delegada, que esteve nos estúdios Globo na segunda.

"Na segunda, instaurados o inquérito e foram solicitadas câmeras e deixadas intimações para a Emilly e para o Marcos. Quero deixar claro que a decisão pela expulsão dele foi unilateral da emissora", disse. A delegada disse ainda que a apuração está adiantada e os próximos passos serão as análises das imagens.

Se condenado, o ex-BBB pode pegar de um a três anos de prisão, disse a delegada Marcia Noeli Barreto, chefe da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher. "Ainda tem que ouvir a Emilly. O exame de corpo de delito vai ser colocado para nosso perito. Ainda tem muita coisa para percorrer na investigação e nas provas. Se for uma questão de violência doméstica, a pena da lei Maria da Penha é de um a três anos".

Pedido de desculpas

Marcos se manifestou em seu Instagram na madrugada de terça e pediu desculpas à Emilly, aos familiares dela e ao público.

"Como todo casal passamos por momentos de alegria, ansiedade, euforia e tensão. Jamais tive a intenção, de machucar fisicamente ou emocionalmente, uma pessoa pela qual tenho muito carinho e afeto.  O programa tem o formato designado, a levar o nosso emocional ao limite, e consequentemente com os nervos a flor da pele. Repito, jamais tive a intenção de machucá-la ou agredi-la, estou surpreso com tudo que está acontecendo, peço desculpas a Emilly, a família dela, a todos os participantes e a todo Brasil".

Do lado de fora da delegacia, uma fã, que disse fazer parte do grupo de Whatsapp Família Harter, chorava sem parar. "Quem acompanhou 24 horas sabe que isso é uma injustiça. A emissora está fazendo sensacionalismo com o nome dele. Ele foi o protagonista do início ao fim. Tiveram várias agressões verbais na casa de outros participantes contra a Emilly", disse ela, que não quis se identificar.

Ela acredita que Marcos seria o campeão desta edição. "Só não quero que a Emilly ganhe. Ela foi a responsável por prejudicá-lo no jogo. Ela e a produção. Ano passado, a Ana Paula deu um tapa na cara de outro participante e saiu enaltecida. Pegaram ele para Cristo. Estou arrasada, chorando há dois dias".

Expulsão foi anunciada durante programa

Reprodução/TV Globo
Tiaqo Leifert anuncia a eliminação de Marcos para os finalistas do "BBB17" Imagem: Reprodução/TV Globo
Tiago Leifert abriu o programa na segunda anunciando a apuração do caso e a eliminação do brother: "Como na vida, decisões forte e firmes precisam ser tomadas. Na conversa de hoje, ficaram comprovados indícios de agressão física. No 'BBB', agressão física é motivo para expulsão e as medidas foram tomadas. O Marcos está eliminado do 'BBB17"

"A gente recebeu a delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher que nos solicitou as imagens de discussões entre Marcos e Emilly. A delegada instaurou um inquérito para apurar uma possível agressão física. Com base nesse inquérito, tivemos uma nova conversa profunda com a Emilly, inclusive com exame médico. Desde o primeiro momento, desde que tudo aconteceu, a Globo agiu firmemente, incansavelmente, a gente envolveu advogados, especialistas, psicólogos, conversamos muito para tomar a decisão correta, decisão justa", disse Tiago.

Depois de avisar o público, o apresentador avisou os brothers. Emilly se emocionou muito. Tiago também anunciou Emilly, Ieda e Vivian como as finalistas do "BBB17".

O caso

Minutos antes do início do programa ao vivo, o gaúcho foi ao confessionário pela segunda vez no dia - e não voltou mais. Ele já tinha sido chamado no começo da noite, mas não falou nada sobre a conversa.

Cerca de uma hora após a primeira ida do médico, foi a vez de Emilly. O áudio da casa foi cortado por poucos segundos e a sister seguiu até o cômodo privado. Depois de cinco minutos, ela deixou o local e foi até a cozinha em silêncio, na sequência ela caiu no choro e isolou na área externa da casa.

Marcos saiu atrás da gaúcha e tentou conversar com ela sobre o que aconteceu no confessionário: "É alguma coisa comigo?". A gaúcha respondeu algo semelhante ao que o brother disse para ela minutos antes: "O que acontece no confessionário, fica no confessionário".

Agressão

Durante a madrugada de domingo, Marcos perdeu o controle e encurralou a sister em um canto da sala. O desentendimento aconteceu após a gáucha sair da festa com Vivian e perguntar para o brother se ele queria que ela ganhasse o reality. Marcos respondeu apenas que o público deveria decidir.

Reprodução/Gshow
Imagem: Reprodução/Gshow

"Isso é ridículo, Marcos. Pra mim você falou várias vezes que queria que eu ganhasse e a Vivian ficasse em segundo. Mas daí na frente dela tu fala que prefere que o público decida? Na cara da Vivian você não diz, né? E eu tenho que ficar vendo você babando nessa mulher na minha frente. Transbordou o meu balde. Chega. Não quero você perto de mim", reclamou Emilly. Marcos estava dando risada da situação, e tentou dar um abraço na sister, que recusou e se esquivou inúmeras vezes.

Marcos deu risada por alguns minutos, mas depois se descontrolou e colocou o dedo na cara de Emilly: "Espera. Então você só está comigo porque eu quero que tu ganhe? Presta atenção, Emilly, você tem que ficar comigo independente de quem eu quero que ganhe".

Os gritos de Marcos acordaram Marinalva, que resolveu ir até a sala e intervir na discussão. "Emilly, você é uma pessoa desqualificada pra vencer esse programa mesmo. Uma pessoa mau caráter. Durante a prova de resistência você falou pra produção me eliminar sendo que eu não infringi nenhuma regra. Diante de ti todo mundo tem que calar a boca. Tu é totalmente desestruturada e não respeita ninguém", gritou ela.

Caso de polícia no "Jornal Nacional"

O "Jornal Nacional" noticiou, na segunda-feira, o comportamento agressivo de Marcos com Emilly durante os últimos dias. Com as imagens exibidas no programa, Renata Vasconcellos informou que a delegada Marcia Noeli Barreto, chefe da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, esteve na casa conversando com a sister e disse que ela pode pedir o “afastamento de Marcos se ela quiser”.

"A delegada concordou com as seguintes medidas: submeter Emilly a um exame clínico por um médico da Globo para availiar a possibilidade de lesão corporal e chamá-la novamente ao confessionário, a fim de que fiquem claros seus direitos garantidos pela lei Maria da Penha, inclusive o de ficar distante de Marcos se assim o desejar. A partir dos resultados, a Globo anunciará o que fará na edição de hoje do programa."

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

William Bonner também anunciou que a Globo está analisando o caso e vai decidir no programa desta noite que atitudes tomar em relação ao comportamento do cirurgião plástico: "Mais uma vez a Globo reafirma seu repudio a toda e qualquer forma de violência tendo evindenciado em todas as suas atitudes. Conforme esclarecemos no ar na edição do BBB discussões como aconteceram ontem entre Marcos e Emily na madrugada de domingo podem levar às agressões físicas, o que não é admissível nem dentro nem no programa nem fora dele".

"Pelas regras do BBB, inclusive, agressões físicas são punidas com expulsões imediatas. Por isso, a direção do programa chamou Marcos e Emilly separadamente ao confessionário, no domingo. Marcos foi repreendido e alertado sobre seu comportamento. A Emilly foi reforçado todo apoia. Na ocasião, ela não denunciou nenhuma agressão física.", completou o apresentador.

Diante da repercussão das atitudes de Marcos, a família dele emitiu uma nota, dizendo que o estresse seria o motivo das atitudes em relação a Emilly. "O Marcos que vocês estão assistindo não é esse ser humano agressivo".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Chico Barney
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
UOL Entretenimento
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Blog do Maurício Stycer
TV e Famosos
TV e Famosos
UOL Entretenimento
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo