Especial BBB18

Ana Paula Renault

Sem Mara, Leifert vai ter que "chacoalhar o coqueiro" do "BBB" mais vezes

Reprodução/TvGlobo
Mara conversa com Tiago Leifert após deixar o "BBB18" Imagem: Reprodução/TvGlobo
Ana Paula Renault

Ana Paula Renault

Mineira, nascida e criada em Belo Horizonte desde 1981. Filha de Deus e do meu pai, jornalista e ex-BBB formada. Pós-graduada duas vezes pela Fundação Dom Cabral e também pela vida. Participações em programas de televisão e até ponta em novela, figura constante em sites de fofocas e na boca do povo. Bon vivant, agora colunista do UOL e recebendo por isso.

Especial para o UOL

31/01/2018 17h02

A primeira eliminação desse “BBB18” lembrou uma série de eliminações mal sucedidas da história do reality. Na terça-feira (30), foi a vez de Mara deixar o programa e invadir os lares brasileiros com a sua marcante despedida: "Fora Temer!" Acredito que ela surpreendeu até o mais experiente produtor do “BBB” bradando ao vivo seu anseio, deixando o alerta para uma possível eliminação de Gleici – militante do PT que não perdeu a oportunidade de manifestar contra a Vênus Platinada em um passado recente. 

O resultado desse paredão protagonizado por Mara e Ana Paula não foi necessariamente uma surpresa, apesar da votação apertada, já que os participantes que teimam em possuir alguns anos a mais não se saem muito bem contra o viço e a beleza da juventude. Final cruel, uma vez que Mara Maravilhosa prometia ser o pivô de muitas discussões e desavenças entre os moçoilos.

A cientista política foi um dos destaques dessa primeira semana, sempre falante e cheia de opiniões, despertou o jogo entre os veranistas, que rapidamente demonstraram o interesse em colocá-la no paredão. O emotivo líder Mahmoud foi traído pela própria falta de personalidade – algo que hora sim, outra também afirma ter –  ao indicar Mara ao paredão, que já era o voto da casa. Mister gravata borboleta perdeu uma possível aliada e se jogou aos leões. Ser líder nessa edição até agora me pareceu mais um risco do que benefício: colocar duas pessoas no paredão é ter a certeza que um inimigo volta mais forte e com sangue nos olhos para se vingar. Foi o que aconteceu com a bruxinha Ana Paula, agora livre para tramar e colocar seu desafeto na linha de tiro.

Descrevendo assim, até parece que essa 18a edição emplacou... Isso não é bem uma verdade. Certo é que o elenco agradou, os participantes são animados e brincalhões, mas mais certo ainda é que esse cenário de colônia de férias não segurará a audiência. Preocupado com o andamento do reality show, Tiago Leifert teve que intervir novamente (a primeira intervenção foi por causa da afetividade da Família Lima), dessa vez para chamar a atenção dos 18 amigos. Os brothers não reagiram da forma esperada à brincadeira dessa segunda-feira (29), onde o mais egoísta, jogador, falso e até o mais bonito era para ter sido apontado pelos participantes. A maioria preferiu se esquivar e eleger um colega aleatório ao adjetivo, tornando a tentativa de aquecer o jogo uma enfadonha piada.

Pois muito bem, chacoalhado o coqueiro - saudade Daniel Rolim “BBB11”- e eliminação concluída, podemos extrair preciosas dicas desses 7 dias de programa: mentir nas seletivas e se fingir de morto na primeira semana podem ser uma bela estratégia, ou não.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Ana Paula
Topo