Topo

Especial BBB18

Ana Paula Renault

"A Bela da Noite", romance ou paredão: o que é mais falso nessa liderança?

Reprodução/GlobosatPlay
Patrícia faz desfile de lingerie pela casa Imagem: Reprodução/GlobosatPlay
Ana Paula Renault

Ana Paula Renault

Mineira, nascida e criada em Belo Horizonte desde 1981. Filha de Deus e do meu pai, jornalista e ex-BBB formada. Pós-graduada duas vezes pela Fundação Dom Cabral e também pela vida. Participações em programas de televisão e até ponta em novela, figura constante em sites de fofocas e na boca do povo. Bon vivant, agora colunista do UOL e recebendo por isso.

Especial para o UOL

02/03/2018 19h04

Ontem foi a vez da Patrícia ter o seu dia de rainha! Ou melhor, noite! E que noite!!! Em uma prova do líder onde os brothers se dividiram em duas equipes (o testamento do Lucas foi esquecido em churrasco) e tinham que encontrar as placas dos calçados correspondentes, Caruso surpreendeu ao pegar a imunidade e Patrícia saiu-se melhor na disputa. Para comemorar o grande feito, "A Bela da Noite" vestiu seu melhor figurino e foi escancarar o poder em sensual – ou nem tanto assim – desfile pelos aposentos plebeus.

Patrícia trajava sutiã de babados, calcinha rendada roxa, salto rosa fúcsia, coberta pelo roupão do líder em veludo vermelho sangue, tudo ornando com a exuberante maquiagem e a vontade de conquistar Kaysar. Um verdadeiro show de amor próprio X forçada de barra, que animou a madrugada da internet.

Além disso, tivemos o anúncio do plot twist, modificado por essa mesma internet , que não gostou nadinha de terem surrupiado seu poder soberano de voto. Foi anunciado horas antes do programa, que o próximo paredão seria triplo, mas que a votação seria para um dos indicados permanecer na casa e os outros dois subirem para um quarto misterioso, voltando depois, para disputarem uma prova de sorte, que culminaria na eliminação do desafortunado.

O público não gostou nada disso, bradou nas redes sociais (subiu #Quem Elimina É o Público) e reverteu a situação da seguinte maneira: paredão triplo, o mais votado sai automaticamente, o do meio permanece na casa e o menos votado sobe para o quarto para retornar depois, com imunidade e direito de indicar um desafeto.

O que poderia ser realmente um chacoalhar de coqueiro (salve Daniel do Coqueiro), virou mais do mesmo. Resta, agora, saber se quem sobe terá o direito de escutar e observar tudo o que se passa na casa, como visto em outros três paredões "falsos". Uma dica importante será o posicionamento do agraciado em relação ao brother que permaneceu na casa. Se fosse eu, o indicaria até sair, já que sou mais querida do que o colega.

Aqui, na minha bola de cristal, mostra a Paula (ou Gleici) como indicada da "A Bela da Noite", subindo para o quarto e retribuindo o paredão na volta. E aí? Será que o “BBB18” ainda pode nos causar alguma surpresa?