Especial BBB18

Chico Barney

Paula é a planta carnívora do "BBB18"

Reprodução/Globoplay
Paula reclama da postura de Gleici e Ana Clara no programa Imagem: Reprodução/Globoplay
Reprodução
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Especial para o UOL

10/04/2018 16h11

É fácil simpatizar com a Paula. O inegável carisma da mineira foi fundamental para que ela conquistasse uma das torcidas mais eloquentes desta temporada. Desde o princípio, ficou claro que existia ali potencial para chegar longe.

Eis que o tempo foi passando e ela promoveu pouca coisa relevante para o jogo. Mas sua participação não deixa de ser elemento importante para o recheio da narrativa.

No dia a dia, fez muito doce e preparou quilos e mais quilos de pipoca. Dançou até o sol raiar nas festas, garantindo muitas vezes um canal exclusivo para suas performances no pay-per-view. 

Depois de muita paquera, montou o único casal funcional da edição, na terceira tentativa do Breno de emplacar romanticamente com alguém.

O grande empecilho para Paula sempre foi excesso de sensatez. Ela não só se esquivou de todo tipo de treta, como também liderou muitas vezes a turma do deixa disso. O "BBB" é um programa para quem é dado a destemperos. Essa é a expectativa do telespectador - e da produção do programa também, que parece ter se decepcionado um pouco com ela. Carregando o estigma de planta, chegou ao absurdo de sua presença mais recorrente nas edições da Globo acontecer apenas durante os merchans dos patrocinadores.

Nas provas que Paula mostrou seu maior potencial: foco para desempenhar competitividade em alto nível. E pudemos ver que essa nobre característica finalmente chegou ao centro do jogo. Quando justificou o voto na família Lima por motivos extremamente racionais e coerentes, colocando de lado qualquer tipo de amizade com Ana Clara, ficou claro que ela joga pra ganhar.

Infelizmente o público do "BBB" não é formado apenas por enxadristas, que provavelmente conseguiriam apreciar sua última jogada na plenitude. Para nós, demasiadamente de humanas, ficou parecendo que Paula é uma planta-carnívora adorável, mas um pouco traiçoeira.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Chico Barney
Topo