Topo

Especial BBB18

Mauricio Stycer

Não é torcida, mas público merece um paredão entre Mahmoud e Ana Paula

Reprodução/GloboPlay
Mahmoud e Ana Paula conversam após desentendimento Imagem: Reprodução/GloboPlay
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

É jornalista desde 1986. Repórter e crítico do UOL, autor de um blog que trata da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Colunista do UOL

06/02/2018 05h01

A disputa do segundo paredão do “BBB18” está entre um sujeito que roubou a cena do reality show, Mahmoud, e duas mulheres, Jaqueline e Gleici, que pouco apareceram até o momento. Sem julgar os talentos e capacidades de nenhum deles, pensando apenas no divertimento que já proporcionaram e no potencial que têm pela frente, creio que Mahmoud merece sobreviver à votação desta terça-feira (06).

Em duas semanas, o sexólogo de Rondônia estabeleceu uma clara competição com Ana Paula, a atriz e bruxinha catarinense. Ambos almejam algum tipo de protagonismo no jogo e são igualmente pouco sutis em suas intenções. Entraram em choque logo na primeira semana, estabelecendo uma divisão clara, para não dizer uma guerra, entre os que estão ao lado de uma e os defensores do outro.

Há conflito e há tensão entre os dois o tempo todo. É inevitável imaginar, caso Mahmoud permaneça, que eles se enfrentarão em algum paredão. E é isso que o espectador mais fiel do “BBB” merece – uma boa disputa entre dois participantes polêmicos, com qualidades e defeitos visíveis, sem medo de jogar.

Não torço a favor nem contra ninguém. Mas privilegio, enquanto espectador, aqueles participantes que se expõem mais. Respeito o direito de quem opta pela tática da conciliação ou da discrição. Muita gente já se deu bem no reality da Globo sendo “planta”. É uma estratégia justa. Mas não conta com o meu apoio.

Por isso, gostaria que Mahmoud continuasse no “BBB18”. Ele ficando, vou esperar o seu confronto direto com Ana Paula. É a chance do reality pegar fogo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!