Especial BBB18

Mauricio Stycer

Depois de tanto marketing da Globo, público acreditou que manda no "BBB"

Reprodução/Gshow
Os vinte participantes da primeira semana do "BBB18" Imagem: Reprodução/Gshow
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

É jornalista desde 1986. Repórter e crítico do UOL, autor de um blog que trata da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Colunista do UOL

01/03/2018 05h01

De tanto falar que o público é que manda no “BBB”, Tiago Leifert agora está ouvindo ofensas e reclamações por causa da novidade anunciada nesta quarta-feira (28). Em um paredão triplo, o público votará para salvar um participante e os outros dois disputarão entre ele o direito de um continuar no jogo.

O peixe morre pela boca. O ditado popular ajuda a explicar a repercussão negativa do  anúncio deste novo “twist” no programa. Não é uma má ideia permitir que dois candidatos duelem entre eles pelo direito de ficar na casa. Em outras versões do reality, em diferentes países, já foram testadas eliminações desta forma.

O problema é que esta solução se choca com o marketing de que todas as decisões no reality cabem aos espectadores. Sempre que pode, Leifert enche a boca para enaltecer o “poder” do público. “Vocês é que fazem o programa”... Pois é. A demagogia está sendo respondida com protestos (veja aqui).

O bom é que, se tinha alguma ilusão, o espectador agora pode ter certeza de que não manda nada. Quem manda é o Big Boss Boninho e o diretor Rodrigo Dourado.

Pessoalmente, gostei da ideia. Vai dar uma sacudida tanto dentro da casa quanto fora. Este “BBB18” reúne o maior número de “bebebólogos” da história do programa. Sabem muito e conseguem prever tudo que vai acontecer. Por isso, é preciso tentar surpreendê-los, mesmo que isso seja quase impossível – alguns deles já especulam sobre um eventual paredão falso com dupla eliminação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
UOL Entretenimento
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
UOL Entretenimento
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
Maurício Stycer
UOL Entretenimento
Maurício Stycer
Topo