Topo

Especial BBB18

Mauricio Stycer

Intervalo de quatro dias até resultado é tortura para Patrícia e público

Reprodução/Globoplay
Patrícia elogia Paula Imagem: Reprodução/Globoplay
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

É jornalista desde 1986. Repórter e crítico do UOL, autor de um blog que trata da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Colunista do UOL

11/03/2018 05h01

Indicada por Gleici na sexta-feira (09), Patrícia só vai saber se permanecerá no “BBB18” na próxima terça-feira (13). Incomum, este intervalo de quatro dias é uma espécie de tortura – para a participante e para o público.

Patrícia está triste. O seu olhar deixa isso evidente. Ela entende que a sua situação na casa é periclitante. Diante dos aliados Diego, Caruso e Kaysar, ainda transparece alguma esperança de não ser eliminada. Mas, no fundo, parece entender que foi colhida por uma tempestade perfeita – não tem chances de reverter o desastre anunciado.

Já o público, ao menos aquele que comenta o reality show da Globo no Twitter, está ansioso, mas por outro motivo. Muita gente já queria estar votando para Patrícia sair. Mas a votação só será aberta na noite deste domingo (11), após a formação do paredão.

Vista como vilã, a funcionária pública está sendo rejeitada até por quem torce por Kaysar, com quem ela mantém um relacionamento muito próximo. O fã-clube do sírio entende que esta proximidade prejudica o candidato.

Esta situação poderia ter sido evitada se o paredão tivesse sido formado na própria sexta-feira e o resultado da votação fosse anunciado no domingo. Desta forma, seria mantido o intervalo normal, de 48 horas, entre indicação e eliminação.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber