Topo

Especial BBB18

Mauricio Stycer

Intervenção da direção mudou os rumos do "BBB18"

Reprodução/TvGlobo
Tiago Leifert fala sobre a formação do sétimo paredão "BBB18" Imagem: Reprodução/TvGlobo
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

É jornalista desde 1986. Repórter e crítico do UOL, autor de um blog que trata da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Colunista do UOL

12/03/2018 05h01

Em diferentes ocasiões nas últimas semanas, Tiago Leifert deu dicas aos participantes do “BBB18” sobre a necessidade de se articular melhor, combinar votos e jogar para evitar o paredão. Alguns entenderam a mensagem, outros não. 

Entre atônitos e indiferentes, alguns “brothers” aceitaram ser indicados para o paredão como se não houvesse alternativa. Mahmoud e Gleici, por exemplo, foram juntos a três dos primeiros seis paredões. E não demonstravam nenhuma vontade de impedir que isso ocorresse.

Para mudar o andamento do jogo, foi preciso que a direção do “BBB18” agisse. A ideia de mandar o menos votado do paredão da última semana para um quartinho foi decisiva para a virada. Mahmoud foi eliminado, Paula, a segunda mais votada, escapou, e Gleici encenou a sua saída da casa, retornando três dias depois em triunfo.

Testada em três paredões, sempre com baixa rejeição, Gleici ganhou ainda o poder adicional de indicar alguém ao paredão no momento de sua volta. Comparada pela edição à vingativa Clara, de “O Outro Lado do Paraíso”, a estudante colocou fogo no “BBB” ao indicar Patrícia.

Nestes últimos dois dias, o grupo de Gleici (com Ana Clara, Ayrton e Paula) cresceu no jogo e os “vilões”, algo abalados, perderam um pouco o prumo. O resultado da votação deste domingo (11) mostrou isso: além de Patrícia, foram indicados Caruso e Diego.

“É um paredão todo do outro lado. É uma vingança em relação à semana passada”, observou Leifert, ao anunciar o resultado ao público.

É  uma “virada” que coloca mais “fogo no parquinho” em uma edição que tem se mostrado bem divertida e registrado bons números de audiência. Ponto para quem está mexendo as cordinhas do jogo.