Topo

Especial BBB18

Mauricio Stycer

"BBB18" virou uma grande partida de futebol com quatro torcidas chatas

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

É jornalista desde 1986. Repórter e crítico do UOL, autor de um blog que trata da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Colunista do UOL

28/03/2018 05h02

Com a ajuda de oito paredões triplos seguidos, o “BBB18” conseguiu preservar os candidatos mais populares e eliminou, com rejeição acima de 80%, cinco participantes vistos como “vilões”.

Com grandes torcidas aqui fora, Kaysar, Gleici, Família Lima e Paula se tornaram, não por vontade própria, jogadores de uma grande e barulhenta partida de futebol. Estes fã-clubes gritam a favor dos seus candidatos, xingam os adversários e pressionam o juiz (a Globo), tudo ao mesmo tempo.

É uma barulheira infernal, especialmente para quem acompanha o reality pelo Twitter. Os fãs de Kaysar pedem a expulsão de Ana Clara por supostamente agredir o sírio. Os torcedores da Família Lima respondem dizendo que o sírio é "vetezeiro". Os devotos de Paula reclamam que Mr. Edição está sabotando a morena. Os fãs de Gleici reclamam de preconceito contra a acreana. Um fã-clube acusa o outro de ofender seus candidatos. Fora as famílias dos participantes, que também dão palpites aqui fora.

Se o juiz atender todos os pedidos de cartão amarelo e vermelho, só vão sobrar Viegas, Wagner, Jéssica e Breno no jogo. Calma, gente. Excesso de devoção a time de futebol já não faz bem – a participante de “BBB”, então, nem se fala.

Abaixo, um vídeo do “UOL Vê BBB”, realizado na terça-feira (27), no qual comentamos a falta que fará Caruso no jogo. Elogiei muito a autoestima do candidato, que se comparou aos Beatles e vivia pedindo “humildade” aos rivais.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber