Topo

Ana Paula cai no choro no confessionário e garante: "Não sou homofóbica"

Reprodução/Globoplay
Ana Paula defende sua permanência no confessionário Imagem: Reprodução/Globoplay

Do UOL, em São Paulo

29/01/2018 00h48

Emocionada por estar no primeiro paredão do "BBB18" ao lado de Mara, Ana Paula pediu para que o público a salve da berlinda e fez questão de falar sobre homofobia na noite deste domingo (28). A sister teve um desentendimento com o líder da semana, Mahmoud, após chamá-lo de "viado" e insistir na alcunha mesmo após o brother afirmar que não gosta do termo.

"Estou aqui sendo eu mesma, então quero pedir que vocês percam um tempinho do dia para me deixarem ficar aqui. Esse é meu sonho", pediu Ana Paula, chorando muito e soluçando. "Estou muito transtornada, e quero que todos vocês saibam que eu não sou homofóbica, de jeito nenhum", garantiu ela.

Logo em seguida, Ana Paula foi conversar com Patrícia e afirmou que não consegue ficar tranquila após a formação do paredão. "Esse cara não faz ideia, ficar me colocando como homofóbica. Não teve nada disso em momento algum", disse a estudante de jornalismo. 

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!