Topo

Irmã de Patrícia acredita que jogo não está perdido: "Ela é uma vitoriosa"

Arquivo pessoal
Priscila Leite (à dir), com o irmão, a mãe e a irmã Patrícia (à esq) Imagem: Arquivo pessoal

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

13/03/2018 13h57

A volta triunfal de Gleici ao "BBB18", após um falso paredão, provocou uma rejeição de parte do público do programa a Patrícia, que planejou sua eliminação. A sister indicou sua rival ao paredão desta terça (13), numa disputa com seu grande amigo Diego e Caruso.

"Como ela pegou aquela liderança, foram três torcidas que ela de certa forma desgostou. E teve a questão do Kaysar também, com quem ela se envolveu e a torcida dele não gostou muito", observa Priscila Leite, irmã de Patrícia.

Apesar de uma forte campanha nas redes sociais contra Patrícia, que inclui até famosos, Priscila não acredita que o jogo está 100% perdido para a irmã e elogia sua participação.

"A gente crê muito nos propósitos de Deus. Se ela tiver que escapar, ela vai escapar e vai sair no momento certo. A Patrícia é uma vitoriosa em conseguir conquistar o sonho dela e a gente espera que seja feita a vontade dele".

Patrícia combinou votos no paredão e convenceu Kaysar a votar em Gleici quando foi líder, o que provocou ira na torcida da acreana e do sírio.

"Acho que ali é um jogo, uma brincadeira, digamos assim, valendo dinheiro, uma teledramaturgia. Então tem que ter os vilões, tem que ter os mocinhos. Não creio que a edição tenha prejudicado em nada", diz a irmã da emparedada.

"Ela merece ganhar até para o Brasil conhecê-la melhor. Quanto mais tempo ela passar, melhor seria para isso", completa.

Se a cearense for a eliminada desta terça, a irmã já sabe quais serão as primeiras palavras ditas a ela.

"A primeira coisa que vou dizer pra ela, é que ela é uma vitoriosa porque nem todo mundo persiste e não desiste de um sonho e ela não desistiu. O sonho dela era participar do BBB e ela conseguiu".

Priscila diz que aprova o relacionamento da irmã com Kaysar.

"Acho bacana a relação dela com o Kaysar, acho que é sintonia. A Patrícia é uma pessoa muito do bem, então a sintonia bateu e a gente é total de acordo. Creio eu que isso é um jogo, mas quando acabar ela pode realmente conversar com ele, ficarem juntos. Isso vai depender dos dois".

A irmã aproveita para apontar algumas qualidades da participante, que segundo ela, o Brasil precisa conhecer.

"A Patrícia fora do BBB é uma pessoa centrada, uma super mãe, uma mulher super família, muito responsável e direita com as coisas dela, muito alegre, talentosa. Posso citar aqui várias coisas que o Brasil poderia conhecer na Patrícia".

Filho sofre com críticas

Apesar de separada do pai do seu filho David, 11 anos, Patrícia tem uma boa convivência com ele, que tem dado assistência à família da cearense durante o confinamento. Em relação às críticas à mãe, Priscila diz que o menino fica muito magoado com o que vê nas redes sociais.

"Mas ele é uma criança muito bem educada, tem uma maturidade acima da idade. Ele diz: 'Titia, estou vendo o pessoal falar que minha mãe é isso ou aquilo, mas eu conheço minha mãe, sei quem é minha mãe e nada vai mudar minha cabeça", relata Priscila.

"A gente fica triste de ver que no mundo existem pessoas capazes de ir no Instagram de uma criança de 11 anos criticar e falar mal dele e da mãe. A gente fica chateado com isso, mas graças a Deus, David é uma criança muito humana, muito bem educada" , completa.

Priscila também acredita que a irmã tirará de letra as consequências da super exposição no reality. "Creio que quando ela sair, vai ficar o que ela interpretou lá dentro e ela vai viver a vida dela, como ela vive. E as pessoas que acompanham ela nas redes sociais, vão conhecê-la melhor, vão saber como ela realmente é porque lá ela foi para jogar".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!