Topo

Fora da casa, Patrícia pede perdão ao público e conversa com Ana Paula

Reprodução/Gshow
Fora da cara, Patrícia participa do programa "RedeBBB" Imagem: Reprodução/Gshow

Do UOL, em São Paulo

14/03/2018 02h07

Após ser eliminada do "BBB18" com a segunda maior rejeição da história, Patrícia foi a entrevistada do programa online "Rede BBB", apresentado pela ex-BBB Vivian Amorim. O papo foi conduzido de maneira bem leve, apesar da grande rejeição da cearense. A eliminada aproveitou o momento para se desculpar com o público e relembrar o retorno de Gleici ao reality.

De início, a funcionária pública parecia muito segura de seu desempenho: “Saí leve, achando que fiz o que era melhor. Se errei lá dentro, ninguém pode me julgar. Acho que ter combinado voto e indicado a Gleici para o paredão não foi uma boa. Não posso julgar, a torcida dele fez o certo. Mas no fim, eu não coloquei ela, eu indiquei a Paula, mas sofri com isso”. 

Sobre o retorno da acreana ao programa, após um falso paredão, Patrícia disse ter sentido medo: "Eu não tinha pensado que poderia ter um paredão falso. Da forma que ela desceu, despejando coisas pra mim, eu não esperava. Da forma que ela falou, parecia que eu tinha falado mal da Ana Clara, mas ela se corrigiu. Eu senti medo mesmo".

Reprodução/Gshow
Imagem: Reprodução/Gshow

Vivian fez uma surpresa e chamou Ana Paula, eliminada no terceiro paredão, para uma conversa no telão. A bruxinha se emocionou e deixou Patrícia bastante preocupada. “Infelizmente nossa visão de jogo estava errada e o Brasil não gostou. Eu também vim aqui para pedir perdão para o público brasileiro, nosso posicionamento de jogo não estava certo, não deveríamos ter combinado votos na primeira semana. Bola pra frente e vida que segue", disse a estudante.

Após ouvir a amiga, a cearense mudou totalmente de postura e ficou na defensiva: "Acho que ninguém está imune de errar, lá dentro a gente não sabe quem é do bem e quem é do mal. Se fiz alguma coisa que o público não gostou ou transpareci algo que não sou, eu peço perdão para todos".

A apresentadora deixou a conversa mais leve e relembrou o relacionamento da ex-sister com Kaysar. Com sorriso no rosto, a funcionária pública garantiu que não rolou sexo na casa: "Começou como brincadeira, mas que virou verdade. O que mudou foi quando ele pegou o livro do Wagner e me falou uma frase. Isso mudou tudo e começamos a se envolver. O jogo tava pegando fogo e isso acalmava os dois. Eu falei que isso não ia acontecer, eu não queria nada lá dentro. Ontem ele ficou um pouco chateado, é complicado mas falei que não rolaria e não rolou".

Reprodução/Gshow
Imagem: Reprodução/Gshow

Na sequência, Patrícia recebeu um presente da produção. Ao abrir a caixa, ela sorriu ao ver que se tratava de um papagaio de madeira, o animal é o apelido de Kaysar dentro da casa. A cearense aproveitou para comentar sobre um possível relacionamento fora da casa: "Eu vou esperar e a gente vai se ver na final. O que aconteceu vai ficar para sempre no meu coração e no dele também, ele é uma pessoa incrível. Vamos conversar fora da casa e ver o que acontece. Torço muito por ele e pelo Diego, torço para eles estarem na final".

A ex-sister também fez um pedido: "Espero que o público vá para a Internet e veja todos os capítulos, porque ao perder um, você deixa de entender algo. Que procure tudo para assistir, antes de criticar, veja tudo o que aconteceu".

Para encerrar o programa, Vivian chamou a irmã de Patrícia para o palco. Após pensar um pouco, a jovem deu uma mensagem de apoio: "Ela foi para jogar e realmente jogou. Defendeu, assim como defende na vida, os amigos. Ela defendeu os amigos dela como estratégia, ela jogou e tá tudo bem. O que vale é a participação e ela ter realizado o sonho dela".

Reprodução/Gshow
Imagem: Reprodução/Gshow

Ao se despedir do público, Patrícia pediu novamente desculpas: “Brasil, eu queria pedir desculpas se fiz algo que não foi correto. Quando você está lá dentro, você não sabe o que está correto. Eu estou em paz, lá dentro não fiz nada que não acredito. Como minha irmã disse, eu defendi meus amigos e minha família. Espero que o Diego e Kayser cheguem na final, apesar de sermos vistos como vilões, ele é uma pessoa maravilhosa. Eu peço que vocês revejam o que é ser vilão. Se eu fiz alguma coisa, perdão. Quem nunca errou, que atire a primeira pedra". 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!