Topo

Noiva teme paredão e assume: "Diego é também um jogador aqui fora"

Reprodução/TvGlobo
No terceiro Paredão, o paraense Diego disputa a permanência no "BBB18" com Gleici e Jéssica Imagem: Reprodução/TvGlobo

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

20/03/2018 04h00

Um jogador. É assim que a psicóloga Zakiee Hage define o perfil do noivo Diego no “BBB18”. Na véspera do oitavo paredão, a paraense confessa que não está tão confiante na permanência do brother e defende a estratégia usado pelo companheiro.

“Esse é o terceiro paredão. Nos anteriores, eu tinha certeza que ele continuaria no ‘Big Brother’, mas agora o meu coração está bem divido. Não sei mesmo! Se ele sair, vou estar esperando de braços abertos porque eu gostei do jogo do Diego, um jogo de inteligência, com os objetivos definidos: permanecer o máximo de tempo na casa e proteger seus aliados. Diego nunca escondeu que entrou para jogar, até porque ele também é um jogador aqui fora”, assume.

Reprodução/Instagram
A relação de Zakiee Hage e Diego já tem sete anos Imagem: Reprodução/Instagram
Há sete anos juntos, Zakiee acredita que o brother não irá se abalar caso saia com a rejeição tão alta como duas das suas principais aliadas nesta edição, Patrícia e Ana Paula, respectivamente, que deixaram a atração com  94,26%  e 89,85% dos votos.  

“Estou sabendo que tem uma mobilização de torcidas de outros participantes e, mesmo com várias pesquisam apontando para saída, eu acredito até o final. Se tiver essa questão da rejeição, tenho certeza que Diego vai receber de uma forma tranquila. Cada semana tem um que sai rejeitado", pondera.

Para Zakiee, o escritor e filósofo já tem uma noção da postura de Wagner no jogo. Ela acredita, no entanto, que o paranaense deve ser o único participante a decepcioná-lo quando ele assistir ao programa fora da casa.

“Não sei se o Diego vai querer manter a amizade com o Wagner depois de saber que ele contou algumas coisas, falou outras coisas dele para os outros participantes”, especula a psicóloga, que aponta Gleici e Ana Clara como grandes jogadoras também. “Elas são meninas espertas e já perceberam o jogo. Na vida, a gente nem sempre tem afinidades com determinadas pessoas e foi isso que aconteceu com Diego e elas".

Sobre quem leva o prêmio de R$ 1,5 milhão de reis desta edição, Zakiee diz que ainda é cedo para apontar um campeão e confessa que o dinheiro ajudaria bastante o casal, que ainda não tem planos para casar. "Eu ainda estou estudando em São Paulo e gostaria de voltar para Belém, onde Diego mora trabalha como professor. Quando ele sair da casa, vamos ver a questão das oportunidades. Ele já acenou na casa que quer seguir como professor e publicar os livros". 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!