Topo

Kaysar deseja obter cidadania brasileira: "Daqui a seis anos já tô votando"

Reprodução/GloboPlay
Kaysar diz que não é aceito em vários países Imagem: Reprodução/GloboPlay

Do UOL, em São Paulo

18/04/2018 22h00

Enquanto aguardavam pelo figurino da festa "Musical.ly", na noite desta quarta-feira (18), Kaysar conversou com Ayrton sobre a vida na Síria e, ao longo do bate-papo, ele afirmou que "é uma honra" morar no Brasil e que pretende obter a cidadania brasileira.

"Quem morreu, morreu. Quem foi embora, foi embora, só sobrou minha família", afirmou Kaysar. Ayrton então perguntou se ele havia perdido alguma namorada na guerra. "A minha primeira, isso que foi o mal pra mim. Quando fico assim cara, quando a lembrança vem, aí fico...", disse o sírio, sem completar a frase.

O garçom falou de seu carinho pelo Brasil: "Ninguém me tira do Brasil, só Deus. Nenhuma pessoa pode me tirar daqui. Daqui a pouco vou virar brasileiro, eu tenho tudo, só não consigo votar, mas daqui a seis anos no máximo já tô votando, já tô brasileiro. Tenho trabalho, tudo, igual vocês".

"Eu sou sírio-brasileiro, é uma honra pra mim. Não sei quantos países não me aceitam. Mais da metade do mundo não me deixa entrar, por causa de passaporte da Síria. O Brasil me deixou entrar, me deu documento e vou tirar a cidadania brasileira", reafirmou o brother.

Kaysar ainda comentou que não pode nem pensar em entrar nos Estados Unidos, mas interrompeu o assunto, alegando que não quer falar de política e voltou a falar de sua vida no Brasil. "Eu vou casar com uma brasileira e ter meus filhos brasileiros. E minha família, de Deus quiser, vai morar aqui. Um país que me ajudou tanto, me deu tudo, uma honra cara", finalizou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!