Topo

"Não saio na rua sozinha por causa dos haters da Gleici", revela Ana Paula

Reprodução/GloboPlay
Ana Paula fala sobre ataques dos fãs de Gleici Imagem: Reprodução/GloboPlay

Do UOL, em São Paulo

20/04/2018 14h19

Na tarde desta sexta-feira (20), durante o programa "Rede BBB", apresentado por Fernanda Keulla e Vivian Amorim, Ana Paula foi questionada por um internauta sobre os comentários que fez sobre Gleici e se ela pretendia pedir desculpas para a acreana.

A catarinense disse que ainda não teve oportunidade de se aproximar da vencedora do "BBB18" e afirmou que está sendo perseguida. "Hoje eu tenho problemas, eu não saio na rua sozinha por causa dos haters. Eu realmente não aguento mais esse tipo de ataque. São os fãs da Gleici que falam comigo todos os dias, eu não posso abrir minhas redes sociais", disse, esboçando vontade de chorar.

"Eu falei sim que ela era a típica mulher acreana. Se alguém falasse pra mim 'você é a típica mulher paulista', eu não me ofenderia. Ao meu ver, ela não é a típica mulher brasileira, se vocês jogarem no site de pesquisas, as mulheres que aparecem não são parecidas com a Gleici. Mas eu falei sim, não vi como xenofobia, como racismo, como nas minhas redes sociais está rolando até agora. Não saiu nenhuma palavra além dessa da minha boca, que no Acre tinha 60 Gleicis, que todas eram iguais", continuou a "bruxinha".

Ana Paula contou que teve problemas na última quinta-feira (20), dia da final, no hotel em que todos estavam hospedados. "Sofri ataques de amigas da Gleici ontem no hotel, saíram vídeos delas falando que não era iguais, mas eu não entendi até agora qual foi o problema delas serem iguais a Gleici, se a Gleici é uma pessoa maravilhosa", questionou.

Jaqueline e Mahmoud rebateram, dizendo que foi a forma como a sister falou que provocou essa reação das pessoas. A biomédica disse que só por ser do norte já existe o preconceito.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!