Topo

Especial BBB19

Chico Barney


Vitória de Paula mostra que Globo é refém de um sistema falido

Reprodução/TvGlobo
Paula, participante do "BBB19" Imagem: Reprodução/TvGlobo
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Especial para o UOL

2019-03-20T15:11:44

20/03/2019 15h11

Ontem mesmo o Mauricio Stycer publicou uma notícia pouco alvissareira sobre o "BBB19": trata-se da edição com o pior desempenho no Ibope da história. Como tem pouca gente acompanhando "O Sétimo Guardião", sobra ainda menos cristãos para enfrentar a casa menos vigiada do Brasil.

Durante o programa de ontem, a meia-dúzia de gatos pingados que estavam sintonizados na Globo obteve mais uma outra informação bombástica: o paredão envolvendo Paula, Carol e Danrley recebeu o segundo maior volume de votos na história. O número beira o ridículo, mais de 150 milhões de votos.

Vamos ligar os pontos aqui, caro leitor. Tem cada vez menos gente assistindo ao "BBB". É uma pena, mas aparentemente tem menos gente ligada na TV aberta de modo geral. Ainda é uma audiência excelente, se compararmos com todo o resto da programação. Mas está em queda.

Enquanto isso, os núcleos formados em torno dos participantes ficam cada vez mais radicais. Aqui é uma mera suposição, pois não tenho acesso aos números, mas imagino que seja menos gente votando, até por conta do cadastro necessário no site da Globo. E o cidadão que se dispõe a preencher CPF e o escambau para votar em reality show é capaz de coisas indizíveis.

Isso quer dizer que o "BBB" não é mais sobre conquistar a simpatia maioria da audiência, mas engajar a torcida mais obcecada. Quantos indivíduos foram responsáveis pelos assustadores 90 milhões de votos que eliminaram Danrley ontem?

Continuo duvidando muito que a maioria do público era a favor da permanência de Paula. Assim sendo, o grande vilão desta edição é o voto --ou a forma como a votação é efetuada. Uma das medidas mais importantes para o ano que vem é permitir apenas uma participação por CPF.

Enquanto isso não for resolvido, a programação Globo continuará refém de fandoms que podem até causar um estrago nos servidores do GShow, mas não garantem audiência e bom entretenimento na televisão.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL