Topo

Especial BBB19

Mauricio Stycer


BBB dá aula de história ao público, mas erra nome do descobridor do Brasil

Reprodução
O nome de Pedro Álvares Cabral foi grafado com erro na imagem exibida no programa desta quinta-feira (31) Imagem: Reprodução
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

É jornalista desde 1986. Repórter e crítico do UOL, autor de um blog que trata da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Colunista do UOL

01/02/2019 05h01

O público do "BBB19" teve direito a assistir nesta quinta-feira (31) a um resumo da festa desfrutada pelos brothers na véspera. O tema da noite foi "Grandes Navegações". 

Antes de ver os melhores momentos da noitada, porém, o espectador foi obrigado a assistir a uma incomum aula de história, ministrada pelo professor Tiago Leifert. "A era das grandes navegações marcou a passagem da Idade Média para a Idade Moderna, e do velho para o novo mundo", ensinou.

 "O descobrimento da América se deu sob o comando do navegador Cristóvão Colombo em 12 de outubro de 1492. E foi por acaso, enquanto tentava achar uma rota alternativa para as Índias", prosseguiu o apresentador.

"Em 1500, foi a vez de Pedro Álvares Cabral aportar em Pindorama, nome dado pelos indígenas ao que hoje conhecemos como República Federativa do Brasil", encerrou Leifert.

O único problema desta aula foi o erro exibido na tela enquanto o apresentador falava do descobrimento do Brasil. O segundo nome do navegador português foi grafado com erro ("Alvarez" em vez de "Álvares").

Este pequeno erro no início do programa acabou ficando em segundo plano diante do equívoco maior cometido por Leifert no final do episódio desta quinta-feira. O apresentador antecipou o resultado da prova do líder antes mesmo da realização da última etapa da disputa. Ele disse que Carol era a líder, quando ainda era possível que Hana também vencesse.