Topo

Especial BBB19

Mauricio Stycer


Leifert diz que para ganhar o BBB tem que dar "uma cotovelada ou outra"

Tiago Leifert conversa com os brothers antes de anunciar resultado de paredão  - Reprodução/TvGlobo
Tiago Leifert conversa com os brothers antes de anunciar resultado de paredão Imagem: Reprodução/TvGlobo
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

03/04/2019 00h09

No texto que classificou como "o mais difícil de escrever", Tiago Leifert anunciou a eliminação de Rodrigo nesta terça-feira (2) comparando o participante a um lutador de boxe cansado ou medroso. E defendeu a ideia de que para vencer o "BBB" é preciso dar "uma cotovelada ou outra".

"Vocês sabem o que é 'clinch' no boxe? É um abraço que um lutador dá no outro no meio da luta. Ou tá apanhando muito ou o adversário tá bem demais, você vai lá e dá um clinch. Pode? Pode, mas o público detesta", ensinou, sugerindo que esta foi a tática de Rodrigo no "BBB".

O "clinch" é um recurso permitido no boxe, mas o lutador que recorre a ele em excesso numa luta pode ser advertido e até perder pontos.

Leifert se deu conta que caiu em contradição ao criticar a postura defensiva de Rodrigo após ter elogiado, em fevereiro, o "rumo do afeto, do carinho" que o "BBB19" havia tomado. Por isso, repetiu que, de fato, gostou do "BBB na base do amor", mas acrescentou: "Mesmo assim, precisa jogar algumas vezes".

E questionou a postura pacífica de Rodrigo. "Quem quer ser campeão do BBB tem que sujar o calção, vai ter que cometer uma falta ou outra, vai ter que ter uma cotovelada ou outra. É muito difícil ser campeão ileso".

E acrescentou: "O Big Brother tem risco, sim. É impossível ser unânime, é impossível ser campeão sem abraçar o risco que é estar aí dentro. E o risco torna tudo mais especial. A gente queria mais de você, muito mais, Rodrigo".

Leifert não mencionou que vários participantes do reality show da Globo já se sagraram campeões ou chegaram à final praticando o antijogo, ou recorrendo ao "clinch". Cito dois vencedores, recentes: Fael ("BBB12") e Cezar Lima ("BBB15").

UOL Vê TV: Tudo que deu muito errado e o pouco que deu certo no "BBB19"

Mauricio Stycer