Topo

Especial BBB19

Mauricio Stycer


Paredões duplos podem evitar a final previsível entre Carol, Hari e Paula

Hariany, Carol e Paula brindam durante festa "Aviação" - Reprodução/GloboPlay
Hariany, Carol e Paula brindam durante festa "Aviação" Imagem: Reprodução/GloboPlay
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

É jornalista desde 1986. Repórter e crítico do UOL, autor de um blog que trata da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Colunista do UOL

04/04/2019 13h19

A oito dias do fim (termina na sexta, dia 12), o "BBB19" deve acelerar a partir de hoje, com a prova do líder. Com seis participantes ainda na casa, é muito provável que haverá alguma eliminação antes de terça-feira, o dia tradicional.

Em tese, eles estão divididos em dois grupos de "afinidade", como gostam de dizer. De um lado, Alan, Gabriela e Rizia; do outro, Carolina, Hariany e Paula.

Os últimos três eliminados, Danrley, Elana e Rodrigo, faziam parte do primeiro grupo. A saída deles foi um indicador bem claro de que o segundo grupo está mais forte junto ao público.

Enquetes realizadas por diferentes sites depois da eliminação de Rodrigo confirmam esta preferência. Paula aparece como a mais indicada para vencer, seguida por Hariany e Carolina.

Se os paredões seguirem triplos, como foram até agora, tudo indica que o trio favorito do público chegará à final. Caso, porém, a direção resolva fazer paredões duplos, esta previsibilidade pode ser quebrada. Eventualmente, pode ocorrer alguma situação que coloque duas das três favoritas no mesmo paredão.

Diferentemente do que ocorreu em edições passadas, o "BBB19 chega à 13ª semana sem nenhum paredão duplo. No "BBB18", por exemplo, os paredões duplos foram quatro e começaram quando ainda havia sete participantes na casa.

UOL Vê TV: Tudo que deu muito errado e o pouco que deu certo no "BBB19"