Topo

Especial BBB19

Mauricio Stycer


Burrice de Rízia resume a temporada que Leifert chamou de "bem jogada"

Reprodução/TvGlobo
Rízia erra durante votação e se coloca no paredão Imagem: Reprodução/TvGlobo
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

É jornalista desde 1986. Repórter e crítico do UOL, autor de um blog que trata da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Colunista do UOL

2019-04-07T05:01:00

07/04/2019 05h01

A seis dias do final, o "BBB19" teve um sábado (6) dos mais inusitados. Primeiro, pelo fato de ter havido formação de paredão, o que nunca acontece neste dia. Depois, por causa de um discurso em clima de despedida de Tiago Leifert. E, por fim, por ter permitido aos espectadores assistirem a uma das jogadas mais inesperadas e burras já realizadas por um participante.

A longa duração da prova do líder - mais de 24 horas - impediu a formação do paredão na sexta-feira (5). Ela acabou sendo realizada de forma apressada, e surpreendente para os confinados, na noite de sábado.

Paula indicou Gabriela. No voto aberto, Hariany ganhou dois votos e Rízia outros dois. Última a votar, bastava para a jornalista indicar Hari que o paredão estaria formado (3 a 2 seria o placar). Mas ela votou em Carol. O placar, então, ficou empatado em 2 a 2, cabendo a Paula desempatar e indicar a própria Rízia.

Todo mundo ficou perplexo, inclusive o apresentador. Com o rosto vermelho, Tiago Leifert disse: "Eu não tô me aguentando, eu vou ter muito que perguntar. A gente está todo mundo assim, 'what happened' (o que aconteceu), Rízia? Você sabe que você se colocou no paredão?"

A jornalista achou que Leifert se referia à desistência dela durante a prova do líder. "É, eu não tava mais aguentando de tanta dor, eu tiver que sair". O apresentador esclareceu: "Não. Por que você não votou na Hari?" E Rízia disse: "Ai, meu Deus, é mesmo. Já tava nervosa, errei de novo, errei de novo. Não prestei atenção." Em seguida, disse: "Meu Deus, todo mundo vai me achar burra lá fora."

Leifert, então, mandou "um salve" para Mahmoud Baydoun, participante do "BBB18", dizendo que ele "fez a mesma coisa no ano passado, um pouco diferente, mas com o mesmo resultado". No sexto paredão da edição passada, Mahmoud votou em Caruso, de quem estava com raiva, sem se dar conta de que se votasse em Diego estaria livre do paredão. A sua decisão causou um empate e Patrícia o colocou na berlinda. "Fui burro", reconheceu depois.

Ao fim do programa deste sábado, Leifert convidou os seis remanescentes do "BBB19" a se divertirem na penúltima festa do reality. "Aproveitem cada segundo dessa festa, por favor. Que não seja uma festa de despedida para as duas emparedadas. Que seja uma festa de gratidão por tudo que vocês viveram até aqui."

E fez um elogio que pareceu muito mais uma tentativa de confortá-los do que de resumir, de verdade, o que aconteceu no "BBB19": "Uma temporada extremamente bonita e bem jogada, feita com amor, feita com humor, com carinho".

UOL Vê TV: Tudo que deu muito errado e o pouco que deu certo no "BBB19"

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL