Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Boninho no Twitter diverte mais do que no BBB

Mauricio Stycer

04/02/2011 12h03

O BBB pode não estar tão divertido quanto em anos anteriores, mas quem acompanha o programa pelo Twitter não tem do que se queixar. A rede social é uma tribuna livre para os comentários mais engraçados, picantes e ácidos sobre o reality da Globo.

Com a ajuda do próprio diretor, Boninho, que atua como uma espécie de "animador de auditório", fazendo provocações, respondendo a leitores e antecipando informações sobre o andamento do programa, o Twitter tem funcionado como uma espécie de BBB paralelo, mais divertido que o próprio reality.

Nesta quinta-feira, involuntariamente, contribui para a animação. Por conta de um texto que publiquei no UOL, e da resposta que o diretor escreveu no Twitter, teve início um festival de tuitadas das mais engraçadas.

Tudo começou porque, por sugestão de um leitor, resolvi pesquisar as semelhanças entre o BBB11, que começou em 11 de janeiro, e o Big Brother 12, exibido pela CBS nos Estados Unidos entre julho e setembro de 2010.

Depois de três semanas no ar, o programa brasileiro já havia copiado três provas do seu "primo" americano e duas das novidades anunciadas, o "sabotador" e a "caixa de Pandora", revelaram-se, na verdade, simples imitações do reality americano.

Publiquei na tarde de quinta-feira, no UOL, o texto Principais novidades do BBB11 foram exibidas nos EUA em 2010, que se encerra com a seguinte observação:

Não há nada demais em copiar ideias alheias, especialmente num programa que é uma franquia internacional. Seria conveniente, apenas, ao trombetear as atrações, advertir o espectador que as novidades não são tão novas assim.

Enfurecido, como de hábito, com as críticas a seu trabalho, o diretor Boninho correu ao Twitter, onde é seguido por 625 mil pessoas. Escreveu três mensagens a respeito. Em todas, tenta me desqualificar (ao escrever meu nome errado) e mudar o rumo da discussão, afirmando que o BBB sempre copiou o BB americano.

Em minha resposta, observei que não estava escrevendo sobre a história do BBB, mas sobre as atrações que foram anunciadas como "novidade" e não eram. Os principais "tweets" desta "polêmica", se é que se pode chamar assim, foram os seguintes:

@boninho: Mauricio Estraz descobriu a polvora? Não é apenas mal informado e como não conhece BBB. Usamos muita coisa do americano desde o BBB1

@mauriciostycer: E @boninho mais uma vez chateado. Escrevi que as novidades do BBB11 foram exibidas em 2010, no BB USA. Resposta dele: sempre foi assim.

@boninho: Mais uma, pensando em velocidade da WEB, midías sociais, juventude. O Mauricio Straz levou 10 anos pra descobrir que usamos o BBB EUA! rsrsrsr

@mauriciostycer: Não fiz um texto sobre a história do BBB. Apenas disse que as "novidades" anunciadas por @boninho não era novidades.

@boninho: O mais divertido é ver o Estraz se desculpando no TT. Toma vergonha! Tá lá escrito. Já foi!

@mauriciostycer: O q mais me diverte no @boninho é q ele discute como criança. Bloqueia, me chama p/outro nome, muda de assunto. No play seria o dono da bola

Esta troca de tweets divertiu um bom número de leitores. Seleciono algumas das dezenas de tuitadas a respeito:

@alerocha: O @boninho parece gente que diz odiar o #BBB, mas assiste. Enche o saco do @mauriciostycer, mas não pára de falar dele no Twitter.

@BBB_11_Brasil: @boninho joga o @mauriciostycer no quarto dourado e deixa ele lá até .. até… até… ele entender o BBB. Por favor bossss

@MuchachoElGuapo: @MauricioStycer Você e o @Boninho, com esta história de alfinetada pra cá, strass pra lá, estão parecendo Jaques Laclair e Victor Valentin!

@drafake: @boninho mas o bom do ESTRAz é que ele nao bloqueia ninguem e faz um BOM combate ne, zé??? @mauriciostycer

Re_a_li_tys: "si" divirto com a guerrinha do @boninho e do @mauriciostycer !!! O melhor q eles se respondem sempre!hahahah Parecem meninos de 8 anos! Kkk

MCrisPimentinha: o @boninho bloqueia o @mauriciostycer , mas fica vendo o q o outro escreve? isso pode, arnaldo? façam suas apostas…hehe

@caradepneu: @mauriciostycer acho q a definicao de "novidade" do @boninho e a mesma da definição de "plagio" do @huckluciano.

@tonfreitas_: EU SOU FAVORÁVEL À CÓPIA…tem q copiar oq é bom msm…é q gosto de defender o @boninho contra o mala do @mauriciostycer

Normas para comentários: Os comentários no blog são moderados previamente. Pode criticar a vontade, inclusive o blogueiro. Veto textos com acusações sem provas e ofensas, seja a pessoas citadas ou a outros comentaristas. Também não aceito textos escritos em maiúsculas (caixa alta) ou com links. Palavrões pesados e grosserias serão vetados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.