PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Rafinha Bastos e Rafael Cortez mostram saber rir de si mesmos

Mauricio Stycer

17/04/2014 12h32

Saber rir de si mesmo é um sinal de inteligência. Por insegurança ou falta de visão, raramente se vê na TV aberta emissoras ou artistas dispostos a este saudável exercício de humor. Esta semana, por uma feliz coincidência, a regra foi quebrada em diferentes canais.

Na quarta-feira (16), Rafinha Bastos estreou um novo quadro no seu "Agora É Tarde", na Band. Mais do que "inspirado", a atração foi abertamente copiada do famoso talk show de David Letterman, exibido na rede americana CBS. Ao invés de esconder o fato, como é de praxe no Brasil, o apresentador colocou o nome do original no título do seu quadro. Veja:

 

rafaelcortezgeladeiraNo mesmo dia, a Record começou a divulgar um vídeo promocional sobre o novo programa de Rafael Cortez, "Me Leva Contigo". O "teaser" ri do fato de o apresentador estar na "geladeira", ou seja, sem trabalhar há um tempão, desde o fim de "Got Talent Brasil", em 2013. "É isso aí, Rafa. A gente tirou você da geladeira para esquentar os nossos corações", diz a locutora. Ficou muito bom. O vídeo, que ficou algumas horas fora do ar, pode ser visto aqui.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.