PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

RedeTV! oferece o melhor Carnaval para quem não se interessa por Carnaval

Mauricio Stycer

06/02/2016 02h08

bastidoresequipecompleta
Festejando 15 anos, o programa "Bastidores do Carnaval" exibiu na noite desta sexta-feira (05) um aperitivo do que promete mostrar nos próximos quatro dias. Os 90 minutos em que ficou no ar foram suficientes para confirmar porque a atração comandada por Nelson Rubens e Flavia Noronha segue imperdível.

O programa é, de longe, a melhor opção no fim da noite na TV para quem não é exatamente fã de Carnaval, mas se diverte com o que de pior e mais picante ocorre no mundo das subcelebridades durante os desfiles.

Além das duas mulatas seminuas que passam a noite sambando no estúdio, este ano o programa contou no palco com um trio de, como dizer?, especialistas – Val Marchiori, Geisy Arruda e Fábio Arruda. Mas o melhor mesmo, como sempre, são os repórteres impertinentes.

carnavalleoaquilabunda"Quero saber se esse bumbum é hidrogel, silicone ou natural?", pergunta Flavia Noronha. "É natural", confirma Leo Aquila apalpando a musa do Corinthians. "Achei a musa um pouco fraca. Falta glamour", reclamou Val.

A socialite quer saber se a musa "esta dando". "Dando bola", corrige Nelson Rubens. "Esse corpo aí é todo seu ou você adaptou?", pergunta a repórter para a rainha da Pérola Negra. "Peito", ela responde, mostrando onde "adaptou".

E assim vai a noite, em meio a comentários de duplo sentido, entrevistas surreais, gente que o espectador não conhece passando por constrangimentos variados e, como sempre, dando "uma sambadinha" para a câmera.

nelsonrubensagachamento2Sem se mover no palco, Nelson Rubens não estava em seus melhores dias. Para decepção de seus fãs, deixou para Flavia Noronha as principais intervenções. O veterano apresentador jamais cometeria a indelicadeza protagonizada por sua colega, que pediu ao repórter Rafael Pessina para perguntar se uma bela modelo era homem ou mulher.

Ainda assim, Nelson participou de uma das atividades mais inusitadas da noite – uma sessão de agachamento no palco, junto com as mulatas e os demais convidados.

Sucedido à 1h30 por um programa religioso, o "Bastidores do Carnaval" promete voltar ao ar mais cedo, neste sábado, às 23h. Espero que com gás total. Veja abaixo um trecho do programa:

Veja também
Com aposta no escracho, "Bastidores do Carnaval" só é bom porque é ruim

O blog está no Twitter e no Facebook.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.